abril acabar acontecer admin afirmo agosto agradecer ah ai ajuda alegria algua alguma alheia almeida ama amar amor ansiedade aonica apegue-se appeared aprenda aprendendo aprender aproveite assunto ata banalizar boas ca cabe caminho capacidade capazes cicatrizes cintia coisas comeasso confianassa coraassapso coragem costas criar cuidado deixa deixar deixe delas depressapso desejo despedida desperte deus devemos dezembro dias dinheiro disposto doaassapso dor ego enfim ensina entapso errado erros escolhas escolher espinho espinhos espiritual esponja estamos estapso esteja estiver estresse existe existem existir fa faassa falando felicidade feliz felizes fev fevereiro ficar filtro fique first fiz flor forassa forte fosse frases frente fundo gente gilson gosta gostaria gratidapso ha heranassa idade importa importante ir iria ja jago jamais janeiro jesus julgamentos julho juliana junho juntas junto juntos la leia lhe liberdade lindas livre lo ma maio maneiras mantra mantras marasso medo melhor melhores mensagens mente mesmo mestre mim morte motivaassapso muda mudar mulheres mundo negatividade ningua nishiyama novembro olha olhar on oraassapso ouassa outubro ouvir pai palavras parede participar passa paz pensa pensamentos perdemos perguntas permanecer pertinvolzes pessoa pessoas pior post postado postagens pra precisa pria prio problemas provavelmente qualquer queira questaues quiser raiva real realmente refletir reflexapso relaassaues relacionamento relacionamentos respostas reze ria rias rio sa saber saiba seja sejam sejamos seletivos sentimento sentimentos sentir sera setembro sexo si simpatia sinais solidapso sozinho sucesso supere tamanho tamba tempo tenha the tipo toma torna total tra tristeza trofa universo utilidade valorizar vamos veja velho veneno verdade verdadeiro vida vive viver vontade vou

domingo, 19 de fevereiro de 2017

Como malcriar um filho


A mente é maravilhosa – Bárbara Sousa
18 de fev de 2017 05:55

Como criar um filho parece ter ficado muito complicado, sempre sobra a opção de malcriá-lo. Este método é mais simples, embora talvez custe tanto quanto ou ainda mais. Mas como saber se o estamos criando ou malcriando? Qual das duas formas escolher: criar ou malcriar? A escolha, é claro, fica a cargo dos pais, tutores, educadores e, por que não, da sociedade em geral. Não vamos ressaltar a importância da televisão na educação, que às vezes é maior do que parece, para não estender o relato.

Também não vamos nos centrar nas discussões que existem sobre se algumas ações são boas ou ruins para a educação dos filhos. Vamos tentar nos afastar dos relativismos para dar regras objetivas, condutas a realizar na criação dos filhos, CONTANTO QUE O RESULTADO PRETENDIDO SEJA MALCRIÁ-LOS.

Os 10 mandamentos para malcriar uma criança

Embora existam muitas formas de malcriar os filhos, há dez regras que são tão simples em seu enunciado como os próprios mandamentos. Se você cumpri-las, basta um pouco da sorte que você tem para conseguir o objetivo pretendido.

emilio-calatayud

Emilio Calatayud, o famoso juiz de menores espanhol, nos deixa, com toda sua boa vontade, este decálogo para a posteridade (são permitidas certas modificações para enriquecer a leitura):

  1. Comece desde a infância dando ao seu filho tudo o que ele pedir. Assim, ele irá crescer convencido de que o mundo inteiro pertence a ele e de que tem direito de fazer o que quiser, quando e como quiser.
  2. Não se preocupe com a educação ética ou espiritual dele. Espere que ele alcance a idade adulta para que possa decidir livremente. Certamente ele irá aprender sozinho os valores que ninguém lhe ensinou e, é claro, irá praticá-los.
  3. Quando ele disser palavrões, ria. Isso irá encorajá-lo a fazer coisas mais engraçadas. Reforçar o uso de más palavras e ações irá transformá-lo em uma pessoa muito elogiada e já sabemos que todo mundo adora as pessoas "engraçadas".
  4. Não o repreenda nem diga que algo que ele faz está errado. Ele poderia criar complexos de culpa. Ninguém quer que seu filho deite a cabeça no travesseiro à noite se sentindo culpado, mesmo tendo culpa. É melhor comprar um brinquedo para ele e esperar que da próxima vez ele não repita.
  5. Arrume tudo o que ele tirou do lugar: livros, sapatos, roupa, brinquedos. Assim, ele irá se acostumar a jogar a responsabilidade nos outros e, como se não bastasse, quando se casar, saberá quem tem que arrumar a casa.
  6. Deixe que ele leia tudo que cair nas mãos dele. Certifique-se de que seus pratos, talheres e copos estejam esterilizados, mas não pense na mente dele que pode se encher de lixo. Deixe-o assistir televisão livremente e jogar videogame o dia inteiro.
  7. Brigue frequentemente com seu cônjuge na presença da criança, assim ela não sofrerá tanto no dia em que a família, talvez pelo próprio comportamento dela, fique destroçada para sempre.
  8. Dê a ele todo o dinheiro que ele quiser gastar. Ele não irá suspeitar que para ter dinheiro é necessário trabalhar, nem tentar buscar uma vida independente em que ele ganhe seu sustento sozinho.
  9. Satisfaça todos os desejos dele, apetites, confortos e prazeres. O sacrifício e a austeridade poderiam gerar frustrações que irão atrapalhar sua futura personalidade.
  10. Fique do lado dele em qualquer conflito que ele tiver com professores e vizinhos. Pense que todos eles têm preconceitos contra seu filho e que na verdade querem chateá-lo. Porque supor que o nosso filho mente está fora de questão, "meu filho sempre fala a verdade".

menino-fazendo-birra

A educação estabelece a base da pessoa adulta

Como dissemos no início, podemos ter a percepção de que a educação é uma tarefa mais ou menos complexa, mas o que normalmente não faz com que se criem adultos responsáveis é a ausência de limites claros enquanto ainda são crianças. Não podemos esquecer que grande parte da base do que elas serão no futuro é estabelecida na infância, tanto para o bem quanto para o mal.

Assim, ficam aqui expostas as chaves que você deve seguir para malcriar um filho. Entenda-se em tom de ironia que cumprir essas dicas fará com que o nosso filho seja uma pessoa melhor e, é claro, "quando seu filho já for um delinquente, não se esqueça de proclamar que nunca pôde fazer nada por ele".

The post Como malcriar um filho appeared first on A mente é maravilhosa.