abril acabar acontecer admin afirmo agosto agradecer ah ai ajuda alegria algua alguma alheia almeida ama amar amor ansiedade aonica apegue-se appeared aprenda aprendendo aprender aproveite assunto ata banalizar boas ca cabe caminho capacidade capazes cicatrizes cintia coisas comeasso confianassa coraassapso coragem costas criar cuidado deixa deixar deixe delas depressapso desejo despedida desperte deus devemos dezembro dias dinheiro disposto doaassapso dor ego enfim ensina entapso errado erros escolhas escolher espinho espinhos espiritual esponja estamos estapso esteja estiver estresse existe existem existir fa faassa falando felicidade feliz felizes fev fevereiro ficar filtro fique first fiz flor forassa forte fosse frases frente fundo gente gilson gosta gostaria gratidapso ha heranassa idade importa importante ir iria ja jago jamais janeiro jesus julgamentos julho juliana junho juntas junto juntos la leia lhe liberdade lindas livre lo ma maio maneiras mantra mantras marasso medo melhor melhores mensagens mente mesmo mestre mim morte motivaassapso muda mudar mulheres mundo negatividade ningua nishiyama novembro olha olhar on oraassapso ouassa outubro ouvir pai palavras parede participar passa paz pensa pensamentos perdemos perguntas permanecer pertinvolzes pessoa pessoas pior post postado postagens pra precisa pria prio problemas provavelmente qualquer queira questaues quiser raiva real realmente refletir reflexapso relaassaues relacionamento relacionamentos respostas reze ria rias rio sa saber saiba seja sejam sejamos seletivos sentimento sentimentos sentir sera setembro sexo si simpatia sinais solidapso sozinho sucesso supere tamanho tamba tempo tenha the tipo toma torna total tra tristeza trofa universo utilidade valorizar vamos veja velho veneno verdade verdadeiro vida vive viver vontade vou

sexta-feira, 3 de março de 2017

Como Está a Sua Vida Com o Seu Eu Maior, ON ou OFF?


Wilson Pereira Figueredo
3 de mar de 2017 06:16

Como está o seu Eu Maior ON ou OFF?

As transformações que acontecem rapidamente na sociedade, são mais do que evidentes. O que é novo hoje, amanhã pode ser obsoleto, a tecnologia muda em uma velocidade estrondosa. Podemos perceber em todos os lugares sinais dessas modificações, surgem a cada dia novos processos de trabalho e consumo.

Junto com essa transformação está acontecendo uma inversão de valores. As pessoas da minha geração, anos 70 lembram-se muito bem do tempo de infância e adolescência. Bastava um olhar dos pais ou professores para perceber que nosso comportamento não estava dentro da adequação, pessoa, hora e lugar.

O tempo passou, não tem como retornar e não podemos viver do saudosismo. A sociedade atual é a dos pais que trabalham fora, muitos deles sem ter dia e horário estabelecidos, até mesmo aos finais de semana. Neste contexto em busca de satisfazer a exigência de uma sociedade consumista, as pessoas estão esquecendo-se da sua Verdadeira Essência.

A inversão de valores em relação ao que é Realmente importante acabou conquistando espaço nas famílias pós-modernas. As pessoas hoje estão mais conectadas ao mundo virtual, estão ON para as curtidas e os likes em suas redes sociais e OF para uma boa leitura, uma boa música e um bom encontro presencial.

Nesses tempos de interatividade virtual os likes passaram a ser a grande moeda social. Infelizmente quando o Ego está em ON as pessoas medem a própria autoestima, e a amizade dos amigos, pelos likes que recebem deles.

Nessa era da tecnologia, onde é incentivado o consumismo e as relações virtuais, muitas pessoas estão dando importância aos seus amigos(as) pelos likes e curtidas em suas redes sociais. A necessidade de se estar conectado tornou-se tão forte que um grande número de pessoas se tornaram dependentes dessas ferramentas.

Em muitas reuniões familiares os aparelhos celulares, tablet, smartphone e Laptops são os principais convidados. A expressão "bom dia" foi substituída por "oi' ou "olá". Na programação de féria da família, os lugares aonde não chegam o sinal de telefonia e internet estão fora do roteiro.

A conversa com o avô, a avó, o nono ou a nona são cada vez mais raríssimas, afinal eles não fazem parte dos amigos no Facebook, Google+, Instagram, Twitter, Pinterest e WhatsApp.

Hoje as redes sociais já fazem partes das vidas das pessoas e existem muitos fatores positivos na sua utilização. A notícia que chega em tempo real. A facilidade de encontrar os amigos, familiares e antigos colegas de trabalho através do Facebook. O WhatsApp se transformou na maior comunidade virtual onde chegam fotos, vídeos e mensagens de maneira instantânea, conectando diversas pessoas ao mesmo tempo em qualquer lugar do planeta.

No mundo empresarial essas ferramentas são indispensáveis, são novos clientes, novas vendas e novos contratos fechados com apenas alguns cliques. São muitos os aspectos positivos nesse mundo virtual, porém, o uso excessivo e sem limites podem trazer resultados desastrosos na inter-relação com o outro.

As últimas pesquisas mostra o impacto negativo, principalmente no mundo corporativo, onde muitas pessoas não conseguem ouvir os sons das mensagens recebidas nos smartphones que perdem imediatamente a concentração nas atividades que estavam realizando.

 

Com isso estamos cada vez mais ON, alimentando o nosso Ego. O conflito nas relações conjugais é ON, enquanto a conversa, a empatia e delicadeza é OF. Neste contexto para muitas pessoas uma curtida ou um comentário em uma foto de alguém desconhecido se tornou mais importante do que um abraço, uma palavra de carinho ou um elogio na pessoa que está do seu lado.

Não se deixe enganar pela facilidade da vida pós-moderna. A sua missão neste plano é muito maior do uma selfie, um comentário ou uma curtida. Aproveite todos os recursos que a tecnologia lhe oferece para manifestar a sua capacidade de praticar o Amor, o Perdão e a Gratidão.

Tudo nesse plano é passageiro e a nossa missão é fazer a pessoa que está do nosso lado feliz. Continue curtindo, comentando e postando as melhores selfies, mas não coloque essas atividades como foco principal em sua vida. Você é muito maior do que isto. Procure desenvolver atividades que deixe seu Eu maior em ON e assim estará semeando frutos de prosperidades.

Para encerrar esse artigo deixo essa reflexão:

Como está o seu Eu Maior ON ou OFF?

Grande abraço e sucesso sempre.

The post Como Está a Sua Vida Com o Seu Eu Maior, ON ou OFF? appeared first on .