abril acabar acontecer admin afirmo agosto agradecer ah ai ajuda alegria algua alguma alheia almeida ama amar amor ansiedade aonica apegue-se appeared aprenda aprendendo aprender aproveite assunto ata banalizar boas ca cabe caminho capacidade capazes cicatrizes cintia coisas comeasso confianassa coraassapso coragem costas criar cuidado deixa deixar deixe delas depressapso desejo despedida desperte deus devemos dezembro dias dinheiro disposto doaassapso dor ego enfim ensina entapso errado erros escolhas escolher espinho espinhos espiritual esponja estamos estapso esteja estiver estresse existe existem existir fa faassa falando felicidade feliz felizes fev fevereiro ficar filtro fique first fiz flor forassa forte fosse frases frente fundo gente gilson gosta gostaria gratidapso ha heranassa idade importa importante ir iria ja jago jamais janeiro jesus julgamentos julho juliana junho juntas junto juntos la leia lhe liberdade lindas livre lo ma maio maneiras mantra mantras marasso medo melhor melhores mensagens mente mesmo mestre mim morte motivaassapso muda mudar mulheres mundo negatividade ningua nishiyama novembro olha olhar on oraassapso ouassa outubro ouvir pai palavras parede participar passa paz pensa pensamentos perdemos perguntas permanecer pertinvolzes pessoa pessoas pior post postado postagens pra precisa pria prio problemas provavelmente qualquer queira questaues quiser raiva real realmente refletir reflexapso relaassaues relacionamento relacionamentos respostas reze ria rias rio sa saber saiba seja sejam sejamos seletivos sentimento sentimentos sentir sera setembro sexo si simpatia sinais solidapso sozinho sucesso supere tamanho tamba tempo tenha the tipo toma torna total tra tristeza trofa universo utilidade valorizar vamos veja velho veneno verdade verdadeiro vida vive viver vontade vou

terça-feira, 7 de março de 2017

CONSCIÊNCIA E SERENIDADE EM MEIO À TURBULÊNCIA


Fãs da Psicanálise – Vitor de Moraes Silva
6 de mar de 2017 21:53

Vivemos uma época em nosso país de muitas turbulências políticas e sociais. Pipocam notícias de corrupção de nossos políticos em um dia.

Em outro ficamos sabendo de algum episódio de violência em nosso bairro. Na semana seguinte uma greve acontece e ficamos com um determinado serviço público afetado.

Um verdadeiro turbilhão de sentimentos nos invade em meio a tantos acontecimentos. É possível manter serenidade e consciência em meio a uma sociedade tão agitada?

Certamente tantos acontecimentos nos convocam a ter uma opinião, e até mesmo chegam a afetar nossa vida de forma mais concreta. Afinal, as greves acabam afetando o nosso dia, também esses acontecimentos afetam minhas escolhas nas eleições seguintes, etc.

Entretanto, será que o envolvimento que tenho com esses acontecimentos não pode estar retirando a serenidade de que necessito para vivenciar os outros aspectos da minha existência?

Aqui, quem vos escreve o presente texto é o Vitor escritor, pensador e psicólogo. Se eu estivesse excessivamente preocupado e revoltado com a corrupção de que minha prefeitura municipal é acusada, por exemplo, não estaria conseguindo fazer bem a tarefa de refletir e escrever.

Em tempos de turbulência social é muito fácil se envolver com essas questões em detrimento do todo da existência. Talvez alguém possa me dizer: mas, Vitor, eu tenho protestado e me revoltado contra tudo isso, mas tenho conseguido me dedicar ao meu trabalho.

E eu pergunto: Você está bem com isso tudo? Está em paz, com a certeza de que está escolhendo o melhor que pode a cada momento e usufruindo de tudo de bom que lhe ocorre, e não só as mazelas?

Ter serenidade e consciência na existência significa compreender que cada momento é cada momento. Que ambos são únicos e nos convocam a coisas diferentes. Se em um momento sou convocado a me deparar com as notícias de corrupção e agir/reagir com relação a elas, em outro sou convidado a ser carinhoso com uma pessoa querida.

Leia mais: É preciso ter fé, acreditar e seguir

Ou sou convocado a me deparar com uma ideia divertida para o fim de semana que surge em minha mente. E também posso ser convocado a cumprir alguma determinação de meu chefe de emprego. Outros inúmeros exemplos poderiam ser citados para mostrar a amplidão da vida.

Algumas práticas visam treinar essa atenção ao momento presente, como as posturas de yoga e a meditação. Recomendo inclusive ao leitor interessado que pesquise acerca da meditação Mindfulness (termo traduzido por alguns como "atenção plena"). Essas práticas e outras fazem com que cada instante seja valorizado enquanto tal.

Toda a inquietação e ansiedade está relacionada com o fato de não estarmos presentes onde estamos e diante do que estamos vivenciando. Em tempos de turbulência social somos chamados a todo momento a pensar e sentir acerca da atitude de outras pessoas, muitas vezes negligenciando os detalhes de nossas próprias escolhas diárias.

Existem romances, amizades, projetos, cuidados, compromissos, enfim, diversos pontos que pontilham a existência de esperança e de vida, para os quais convido o leitor a observar por meio desse despretensioso texto. Dessa forma, vivendo a cada momento com a grande importância que todos eles têm, estejamos em tempos de tranquilidade ou de caos social, a consciência e a serenidade estarão sempre presentes.

O post CONSCIÊNCIA E SERENIDADE EM MEIO À TURBULÊNCIA apareceu primeiro em Fãs da Psicanálise.