abril acabar acontecer admin afirmo agosto agradecer ah ai ajuda alegria algua alguma alheia almeida ama amar amor ansiedade aonica apegue-se appeared aprenda aprendendo aprender aproveite assunto ata banalizar boas ca cabe caminho capacidade capazes cicatrizes cintia coisas comeasso confianassa coraassapso coragem costas criar cuidado deixa deixar deixe delas depressapso desejo despedida desperte deus devemos dezembro dias dinheiro disposto doaassapso dor ego enfim ensina entapso errado erros escolhas escolher espinho espinhos espiritual esponja estamos estapso esteja estiver estresse existe existem existir fa faassa falando felicidade feliz felizes fev fevereiro ficar filtro fique first fiz flor forassa forte fosse frases frente fundo gente gilson gosta gostaria gratidapso ha heranassa idade importa importante ir iria ja jago jamais janeiro jesus julgamentos julho juliana junho juntas junto juntos la leia lhe liberdade lindas livre lo ma maio maneiras mantra mantras marasso medo melhor melhores mensagens mente mesmo mestre mim morte motivaassapso muda mudar mulheres mundo negatividade ningua nishiyama novembro olha olhar on oraassapso ouassa outubro ouvir pai palavras parede participar passa paz pensa pensamentos perdemos perguntas permanecer pertinvolzes pessoa pessoas pior post postado postagens pra precisa pria prio problemas provavelmente qualquer queira questaues quiser raiva real realmente refletir reflexapso relaassaues relacionamento relacionamentos respostas reze ria rias rio sa saber saiba seja sejam sejamos seletivos sentimento sentimentos sentir sera setembro sexo si simpatia sinais solidapso sozinho sucesso supere tamanho tamba tempo tenha the tipo toma torna total tra tristeza trofa universo utilidade valorizar vamos veja velho veneno verdade verdadeiro vida vive viver vontade vou

segunda-feira, 6 de março de 2017

Pensar fora da caixa faz bem à saúde!


Silvia Marques
6 de mar de 2017 05:42

Pensar fora da caixa é sinal de maturidade intelectual e emocional.

Pensar fora da caixa é exercer a sua autonomia de pensamento, o seu senso crítico, a sua capacidade de questionar e querer compreender o mundo e não apenas engolir sem reclamar tudo aquilo que vendem como bom. Pessoas que pensam fora da caixa costumam fazer amizades mais sólidas e viver parcerias amorosas mais profundas porque elas não se relacionam por status. Elas se relacionam com aqueles que possuem afinidades reais.

Sim, me parece que pensar fora da caixa faz bem à saúde, tanto física quanto emocional e mental. Pensar fora da caixa nos proporciona uma vida social mais feliz, com vínculos mais verdadeiros e significativos. Pensar fora da caixa nos permite formar parcerias amorosas mais autênticas e maduras, nos permite viver relações mais profundas, em que as individualidades são mais respeitadas, em que a dinâmica do casal é mais cúmplice, com menos críticas, com menos cobranças, com mais afeto, com mais cuidado e reciprocidade.

Pensar fora da caixa nos faz escolher com mais sabedoria, com mais autenticidade. Pessoas que pensam fora da caixa são mais elas, se sujeitam menos a modelos pré-estabelecidos de felicidade, são menos vítimas de padrões castradores, que no momento se resumem à tríade: pensamento positivo, estilo fitness e consumismo.

Pessoas que pensam fora da caixa trabalham naquilo em que elas são boas, trabalham com amor, deixam a sua marca especial em tudo que fazem.

Pessoas que pensam fora da caixa não alimentam preconceitos e adoram aprender. Pessoas que pensam fora da caixa não compram uma roupa só porque ele está na moda nem decoram sua casa como capas de revista nem escolhem suas amizades por status social. Pessoas que pensam fora da caixa bebem vinho branco com carne vermelha ou tinto com peixe. Preferem um sapato confortável a um sapato bonito. Não se definem pelas grifes que usam, mas carregam no coração os livros que leram e os filmes que assistiram.

Pensar fora da caixa é sinal de maturidade intelectual e emocional. Pensar fora da caixa é exercer a sua autonomia de pensamento, o seu senso crítico, a sua capacidade de questionar e querer compreender o mundo e não apenas engolir sem reclamar tudo aquilo que vendem como bom. Pessoas que pensam fora da caixa costumam fazer amizades mais sólidas e viver parcerias amorosas mais profundas porque elas não se relacionam por status. Elas se relacionam com aqueles que possuem afinidades reais.

Pessoas que pensam dentro da caixa, por medo de destoarem da maioria, se tornam escravas de regrinhas bobas.

Acabam enredadas em jogos sociais destrutivos, vivem sem espontaneidade, tentando o tempo todo seguir à risca um script social, sem considerar os próprios sentimentos. Quantas pessoas não mantém amizades tóxicas por anos por que elas nem conseguem perceber que o suposto amigo na verdade é um sabotador? Ou por que aquela amizade confere algum status social? Quantas pessoas não mantém namoros e casamentos medíocres no sentido afetivo por medo da solidão, por medo de perder benefícios sociais? Quantas pessoas não mantém empregos horríveis por que foram convencidas de que não têm capacidade para uma nova carreira?

Quando ficamos muito presos a determinados padrões sociais, acabamos adoecendo pois não há nada mais complicado do que viver constantemente para satisfazer as expectativas alheias. E o mais curioso e tragicômico da situação é que na maioria das vezes as pessoas mais convencionais, que mais valorizam os padrões sociais são as que mais julgam ou se afastam daqueles que deprimem por conta destes mesmos padrões. Enfim, contribuem no adoecimento alheio e depois as criticam e as rotulam como fracas.

The post Pensar fora da caixa faz bem à saúde! appeared first on .