abril acabar acontecer admin afirmo agosto agradecer ah ai ajuda alegria algua alguma alheia almeida ama amar amor ansiedade aonica apegue-se appeared aprenda aprendendo aprender aproveite assunto ata banalizar boas ca cabe caminho capacidade capazes cicatrizes cintia coisas comeasso confianassa coraassapso coragem costas criar cuidado deixa deixar deixe delas depressapso desejo despedida desperte deus devemos dezembro dias dinheiro disposto doaassapso dor ego enfim ensina entapso errado erros escolhas escolher espinho espinhos espiritual esponja estamos estapso esteja estiver estresse existe existem existir fa faassa falando felicidade feliz felizes fev fevereiro ficar filtro fique first fiz flor forassa forte fosse frases frente fundo gente gilson gosta gostaria gratidapso ha heranassa idade importa importante ir iria ja jago jamais janeiro jesus julgamentos julho juliana junho juntas junto juntos la leia lhe liberdade lindas livre lo ma maio maneiras mantra mantras marasso medo melhor melhores mensagens mente mesmo mestre mim morte motivaassapso muda mudar mulheres mundo negatividade ningua nishiyama novembro olha olhar on oraassapso ouassa outubro ouvir pai palavras parede participar passa paz pensa pensamentos perdemos perguntas permanecer pertinvolzes pessoa pessoas pior post postado postagens pra precisa pria prio problemas provavelmente qualquer queira questaues quiser raiva real realmente refletir reflexapso relaassaues relacionamento relacionamentos respostas reze ria rias rio sa saber saiba seja sejam sejamos seletivos sentimento sentimentos sentir sera setembro sexo si simpatia sinais solidapso sozinho sucesso supere tamanho tamba tempo tenha the tipo toma torna total tra tristeza trofa universo utilidade valorizar vamos veja velho veneno verdade verdadeiro vida vive viver vontade vou

quarta-feira, 15 de março de 2017

Viver de migalhas causa anemia, minha amiga!


Sandra Spinozzi
14 de mar de 2017 03:42

Viver de migalhas causa anemia!

Eu queria saber porque a gente às vezes escolhe sofrer por alguém!

Eu não sei se a coisa vai se tornando um emaranhado de pensamentos… As coisas vão se tornando tão densas às vezes!

Sim, eu sei que o amor deveria ser leve, doce, calmo… Mas geralmente o sofrimento vem dessa atração que cresce a cada dia! É uma paixão que vira vício, e mesmo sabendo que aquilo vai fazer mal, a gente não consegue se desligar! Parece que é uma dor que a gente precisa para sobreviver, mas ao mesmo tempo, tudo o que queremos é nos livrar dela!

É uma ambiguidade sem explicação… Uma febre, e mesmo que essa paixão seja correspondida, dá um medo enorme de perder! Porque queremos tanto o objeto do desejo? O que nos faz sofrer tanto por alguém que a gente sabe não sentir nem um décimo por nós? Por que, mesmo sabendo muitas vezes, que essa relação não dará em nada, que só trará sofrimento, não conseguimos dizer não?

Existe uma força maior que parece controlar nossos pensamentos e nem nossa religião, nem nossos gurus, nem nossos princípios, nada nos convenceria a largar essa relação, ainda que ela nos mate por dentro!

Olha, quando sua intuição disser não, siga, por favor! Você precisa ser forte para se livrar dessa, antes que você saia mais machucada do que está! Sabe aquele lance de cortar pela raiz? É isso, mas eu sei que você vai recair várias vezes! Talvez você não queira nem tentar ouvir essa voz aí dentro , dizendo que está entrando em uma enrascada daquelas! Você está tão viciada a essa sensação inebriante e ao mesmo tempo instável, que tem medo de perder! Seu cérebro talvez não suportaria o vazio que essa pessoa vai deixar, mesmo sendo apenas uma paixão unilateral, onde você apenas receba migalhas, do que pensa ser amor!

E a cada migalha doada por aquele que faz você voar sem ter asas, mais viciada você fica! Você só esqueceu de olhar para baixo e ver o abismo que vai cair logo, logo!

Tantos conselhos das amigas, da mãe, da vizinha … Até seu cachorro não vai com a cara do ser… Mas você está cega, não é mesmo? Você daria tudo para ser amada e idolatrada por ele, enquanto tudo o que recebe são míseras casquinhas de pão, que caem da mesa dele de vez em quando e é o que lhe mantém viva! Viva? Isso é vida?

Enquanto estiver se alimentando de migalhas, você esquece de olhar em volta e perceber as pizzas suculentas que está deixando de saborear! O pior de tudo é que você tem consciência disso, mas mesmo assim acha que tudo vai mudar! Você se engana pensando que vai acabar conquistando o moço, afinal o tempo muda tudo, ele acaba ficando dependente de você, do seu carinho, da sua ternura! Bom, isso na maioria das vezes não vai acontecer, porque como minha mãe diz sempre: "O bom dia se vê de manhã"! Pode até acontecer esse milagre, mas olha… As chances de você se machucar são muito grandes!

Ah, e você pode dizer que vale a pena o risco! Pois é… Agora vou fazer uma comparação esdrúxula: Vamos supor que você resolva nadar onde tenha um grande jacaré olhando diretamente para você! Quais as chances de você sair vivo para contar a estória? Pode ser que você seja mais rápido e consiga nadar até a beira! Pode ser que o Jacaré não esteja com fome, pois acabou de devorar uma zebra inteira! Me diz agora, quais são as chances de sair linda e saltitante dessa aventura?

Ora, faça-me o favor! Não venha me dizer que você será a ingênua da sua própria história, após ler esse artigo aqui! Não venha me dizer que não foi avisada dos riscos !

Existem riscos, mas só entro naqueles chamados " riscos calculados"… Aqueles em que as chances de algo dar errado não atingem tão grandes percentuais!

Portanto, minha amiga… Se você está em uma situação que não vê saída… Ou melhor , que você até quer sair porque sua intuição está gritando, mas tem algo mais forte, que faz você recuar e cair no buraco, comece a fazer suas promessas, penitências… Faça tudo, mas não caia nessa, por favor!

O fundo do poço tem subsolo tá? Só pra você saber! Não venha me dizer que não tem vontade de nada, que só pensa nele, que sem ele nada tem graça! O que você é, afinal? Uma mulher ou uma mosca? Olha… Pode me xingar, querer me bater, mas faça uma coisa por você: "Ocupe sua mente"! Pare um pouco com essa ideia fixa! Você merece coisa melhor! Coloque isso de vez na sua cabecinha de bigorna! Será que você não entende que mesmo que isso dê certo, você sempre será quem correrá atrás de um cara que nunca estará realmente ligado a você? Você pode me dizer então:

– Ah, Sandra! Meu amor por ele é tão grande, que eu amo pelos dois !

Por favor, amiga! Nunca fale isso na minha cara se não quiser apanhar com meu pau de macarrão! Até onde você chegou, hein? Olha o ponto onde está sua autoestima?
Eu queria muito poder olhar no fundo dos seus olhos e fazer você acordar desse sonho que não passa de um grande pesadelo, mas você não se deu conta disso ainda!

Estou lhe avisando porque já passei por muita coisa parecida e olha, não foi nada fácil superar!

Agora, se depois de tudo isso, você quiser continuar a não seguir sua intuição, então, meu anjo… Só posso lhe desejar boa sorte!

Aliás, eu e sua intuição continuaremos gritando no seu ouvido, para parar de gostar de migalhas, afinal migalhas não tem vitamina nenhuma e você acabará, além de tudo, com uma bela anemia!

The post Viver de migalhas causa anemia, minha amiga! appeared first on .