abril acabar acontecer admin afirmo agosto agradecer ah ai ajuda alegria algua alguma alheia almeida ama amar amor ansiedade aonica apegue-se appeared aprenda aprendendo aprender aproveite assunto ata banalizar boas ca cabe caminho capacidade capazes cicatrizes cintia coisas comeasso confianassa coraassapso coragem costas criar cuidado deixa deixar deixe delas depressapso desejo despedida desperte deus devemos dezembro dias dinheiro disposto doaassapso dor ego enfim ensina entapso errado erros escolhas escolher espinho espinhos espiritual esponja estamos estapso esteja estiver estresse existe existem existir fa faassa falando felicidade feliz felizes fev fevereiro ficar filtro fique first fiz flor forassa forte fosse frases frente fundo gente gilson gosta gostaria gratidapso ha heranassa idade importa importante ir iria ja jago jamais janeiro jesus julgamentos julho juliana junho juntas junto juntos la leia lhe liberdade lindas livre lo ma maio maneiras mantra mantras marasso medo melhor melhores mensagens mente mesmo mestre mim morte motivaassapso muda mudar mulheres mundo negatividade ningua nishiyama novembro olha olhar on oraassapso ouassa outubro ouvir pai palavras parede participar passa paz pensa pensamentos perdemos perguntas permanecer pertinvolzes pessoa pessoas pior post postado postagens pra precisa pria prio problemas provavelmente qualquer queira questaues quiser raiva real realmente refletir reflexapso relaassaues relacionamento relacionamentos respostas reze ria rias rio sa saber saiba seja sejam sejamos seletivos sentimento sentimentos sentir sera setembro sexo si simpatia sinais solidapso sozinho sucesso supere tamanho tamba tempo tenha the tipo toma torna total tra tristeza trofa universo utilidade valorizar vamos veja velho veneno verdade verdadeiro vida vive viver vontade vou

sábado, 15 de abril de 2017

Algumas verdades sobre o amor no mundo real…


Patrícia Santos
14 de abr de 2017 04:46

Você ainda sabe como respirar sozinho?

Que Amor é uma inesgotável fonte de assunto, todos sabem. 

Por isso quero falar sobre amor. Mas não aqueles clichês, não vou usar rima ou poesia, não vou falar sobre o início… e sim sobre o fim.

Não vou falar aqui sobre príncipes e princesas, e tão pouco vou falar sobre o felizes para sempre. 

Por quê? Oh, caro leitor… isso acontece apenas em fábulas. Perdoe-me pela sinceridade, se você não estava ainda pronto para saber. 

Se você ainda suspira e quer ser a Cinderela de alguém talvez não deva ler esse texto, mas se você já passou por Romeu E Julieta sem chorar, prossiga, você é forte.

Quero falar com vocês sobre aquele Amor que é Real. Que é infinito enquanto dure… e às vezes não dura eternamente.

Aquele sentimento que precisa ser batalhado dia sim e outro também. E mesmo assim a batalha é perdida, e não sabemos sair e seguir. 

Vou expor aqui algumas verdades sobre o amor no mundo real, está preparado? Sim? Então vamos lá:

– O Amor acaba. Sim, ele acaba… e sim, mesmo acabando não quer dizer que você não amou. É triste aquele primeiro momento em que você percebe isso, quando você se dá conta de que jurou "Amar para sempre"  porém já não ama. Você perde seu chão por um momento, é um pouco pior do que descobrir que o Papai Noel não existe aos 5 anos e você não sabe mais o que esperar da vida, mas é superável da mesma forma. 


– E tristemente a situação inversa também vai ocorrer, e você vai ainda estar amando loucamente, porém a pessoa já não vai mais amar você e isso dói, e também é superável. Você vai precisar apenas de um momento ou dois, talvez algumas semanas até, para reaprender e reestruturar sua vida. Porque vez ou outra cometemos aquele terrível erro de permitir que nossa vida gire em torno de outro umbigo além do nosso. 


– Dor de Amor é a pior. É sim… não existe um remédio comprado na farmácia, e a cura não vai estar  no fundo da garrafa de vodka. 

É difícil consertar algo que quebra você de dentro para fora. Colar todos os caquinhos de um coração quebrado é tarefa difícil, às vezes um melhor amigo ajuda a segurar e impedir que você se desfaça em pedaços, mas às vezes a cola é o tempo. 


– Ninguém morre De Amor. 

Você pode até morrer por amor, mas não De Amor. Amor não mata, ele cura, conforta e algumas vezes arrasa, mas ele não mata! Não é discutível, é apenas um fato. 

Você pode ler que alguém se jogou na frente de uma bala por alguém, foi POR AMOR. Se alguém para de comer porque sofre por falta de amor, vai morrer por inanição e não de amor. Não culpe o amor pela sua decisão exagerada.

Temos que estar cientes que amor é um sentimento sempre belo, isso é regra, bíblico até, mas relacionamentos não são sempre corações e flores. Às vezes são feios, às vezes ferem. Não existem regras pré-estabelecidas, ou uma lista de tópicos a seguir para saber se estamos ou não fazendo a coisa certa. Mas existe uma observação de sobrevivência básica: Quando Se Se amar significa sofrer, é porque estamos amando errado. 

Quando você entrega o seu amor para um coração que não bate em seu peito, e no final descobre que seu amor foi suicida, que ele se jogou de cabeça em um peito de pedra, não é fácil de entender, aceitar e seguir. 

Mas quando "Do riso faz-se o pranto" é preciso calma, o desespero é fatal para o fim de um relacionamento. Assim você implora, se humilha e se machuca ainda mais, é do desespero que vem os maiores erros. 

Tenha sempre em mente, mesmo no momento mais lindo do seu relacionamento… que nada é infinito e tudo debaixo do sol é mutável. 

Hoje é assim, mas amanhã pode não ser. É claro que ninguém que está amando e está na fase "Você é o ar que eu respiro" quer pensar sobre o fim. E nem deve. O pensamento positivo deve ser mantido até o último minuto. Mas nunca deixe de pensar em você, pensar no grau de dependência do outro em que você está se permitindo prender, isso não é saudável para nenhuma das partes. 

Vez ou outra faça uma análise, se algo mudasse hoje, se o relacionamento acabasse hoje você ficaria bem? Analise e perceba Se você ainda consegue respirar sozinho. 

_________

Direitos autorais da imagem de capa: oneinchpunch / 123RF Imagens

The post Algumas verdades sobre o amor no mundo real… appeared first on .