abril acabar acontecer admin afirmo agosto agradecer ah ai ajuda alegria algua alguma alheia almeida ama amar amor ansiedade aonica apegue-se appeared aprenda aprendendo aprender aproveite assunto ata banalizar boas ca cabe caminho capacidade capazes cicatrizes cintia coisas comeasso confianassa coraassapso coragem costas criar cuidado deixa deixar deixe delas depressapso desejo despedida desperte deus devemos dezembro dias dinheiro disposto doaassapso dor ego enfim ensina entapso errado erros escolhas escolher espinho espinhos espiritual esponja estamos estapso esteja estiver estresse existe existem existir fa faassa falando felicidade feliz felizes fev fevereiro ficar filtro fique first fiz flor forassa forte fosse frases frente fundo gente gilson gosta gostaria gratidapso ha heranassa idade importa importante ir iria ja jago jamais janeiro jesus julgamentos julho juliana junho juntas junto juntos la leia lhe liberdade lindas livre lo ma maio maneiras mantra mantras marasso medo melhor melhores mensagens mente mesmo mestre mim morte motivaassapso muda mudar mulheres mundo negatividade ningua nishiyama novembro olha olhar on oraassapso ouassa outubro ouvir pai palavras parede participar passa paz pensa pensamentos perdemos perguntas permanecer pertinvolzes pessoa pessoas pior post postado postagens pra precisa pria prio problemas provavelmente qualquer queira questaues quiser raiva real realmente refletir reflexapso relaassaues relacionamento relacionamentos respostas reze ria rias rio sa saber saiba seja sejam sejamos seletivos sentimento sentimentos sentir sera setembro sexo si simpatia sinais solidapso sozinho sucesso supere tamanho tamba tempo tenha the tipo toma torna total tra tristeza trofa universo utilidade valorizar vamos veja velho veneno verdade verdadeiro vida vive viver vontade vou

sábado, 18 de março de 2017

Desperte e Liberte-se!


Roberta Zanatta
18 de mar de 2017 05:50

Quando iniciamos o nosso processo de despertar, de autoconhecimento e de desenvolver a consciência, tudo ao redor parece mudar, inclusive as pessoas. Frequentar alguns ambientes já não nos interessa mais, perdemos a identificação com alguns amigos e colegas, perdemos o interesse por antigos hábitos, descobrimos novas formas de pensar e de agir, de encarar a vida, aprendemos a ressignificar os problemas, entre muitas outras mudanças. E isso tudo é maravilhoso e transformador.

Desperte e Liberte-se!

É claro que às vezes, esse processo gera medo porque é o momento em que abandonamos o conhecido para se aventurar no novo, um lugar onde ainda é desconhecido. Não sabemos bem o que virá nem como será e por isso, infelizmente, algumas pessoas acabam por desistir e outras nem tentam e então se mantém sufocados e infelizes em um lugar onde já não as cabe mais.

Porque é exatamente isso o que acontece quando permanecemos em um lugar onde já não nos sentimos mais bem, onde já não nos faz sentido permanecer, onde as pessoas, o ambiente ou as ideias e a forma de pensar não estão alinhadas aquilo que nós acreditamos e temos como verdades.

Porém quando escolhemos pelo amor, conectados ao nosso "eu maior" e a nossa essência, o que vem de fora é um mero obstáculo a ser vencido porque toda a força e todos os recursos internos necessários para combater e superar qualquer desafio que surge em nossas vidas, estão dentro de nós. Não precisamos de nada além do que já existe dentro de nós. Muitas vezes nos julgamos fracos sem ao menos conhecer as forças que temos disponíveis para serem acessadas.

Por isso, se você percebe que não está mais aonde te cabe e percebe que não tem mais vivido alinhado aos seus valores de vida e ao que acredita de verdade, independente do que te foi ensinado quando era criança, independente também do que a sociedade espera ou seus amigos julgam ser o melhor para você, quebre os seus padrões, quebre paradigmas, saia da caixa e tire todos que também colocou dentro dela. Procure enxergar a mesma questão por novos ângulos. Reveja suas crenças e suas verdades.

Não existe verdade absoluta. A sua verdade simplesmente é a sua verdade. Não exija nem espere que o outro concorde, ele não tem essa obrigação, assim como você também não tem.

O mundo é bem maior do que aquilo que te foi apresentado. Não é porque você não pode ver ou porque não conhece que não existe. Por isso abra a sua mente, expanda a sua consciência, julgue menos, observe mais. Resista menos e sinta mais. Liberte-se sem medo. Quando você escolhe pelo medo está no caminho da ilusão, mas quando escolhe pelo amor, escolhe viver a sua essência de forma plena e verdadeira, conectado a sua missão e ao seu propósito.

The post Desperte e Liberte-se! appeared first on .

E, se algum dia você pensar em desistir, lembre-se de todos os motivos que te fizeram aguentar firme até agora.



E, se algum dia você pensar em desistir, lembre-se de todos os motivos que te fizeram aguentar firme até agora. Dobre os joelhos e faça uma oração.

Leia o texto abaixo ao som de Ed Sheeran – Perfect

Me perdoe por não saber lidar, é que me acostumei com a solidão…

Me segure forte pela mão, não me deixe escapar. Repare, profundamente, em meus olhos, e me peça para ficar. Surpreenda-me com um gesto, uma palavra ou um abraço. Arranque um sorriso da minha boca. Faça cafuné no meu cabelo e me fale, qualquer coisa, que me passe verdade. Me acalme, conte até dez com a voz baixa e me convença a respirar mais fundo. Quando eu estiver tremendo de nervoso, fique alguns passos para trás, não invada o meu espaço, mas mantenha-se por perto. Gosto de me sentir em segurança. Quando eu falar palavrões ou mais alto do que eu deveria, exija o respeito. Isso é o mínimo em um relacionamento. Não me deixe errar tanto com você, você não tem obrigação de aguentar as minhas lamentações ou momentos de descontrole emocional.

Quando eu pensar em desistir de você, me motive a continuar insistindo em nós.

Me lembre de todos os motivos que nos trouxeram até aqui, também sobre todos os planos que fizemos na noite anterior antes de pegarmos no sono. Não me deixe esquecer das nossas viagens, sonhos e objetivos. Me assuste com discursos dolorosos, use argumentos que mexam com o meu psicológico. Me faça pensar, calcular e colocar na balança. Não me deixe jogar tudo para o alto, ou descartar como se fosse desprezível. É só um instante, mas eu prometo que vai passar.

Não desista de mim, nem que eu te peça para fazer isso. Você sabe que as minhas dores e traumas são sequelas de antigos relacionamentos. E, eu sei, você não tem nada a ver com isso. Não merece que eu desconte em você. Mas acredite, eu te amo e quero estar com você. Daqui para o resto da minha vida. Não deixe os pensamentos ruins dominarem a minha mente ou fecharem os meus olhos para o nosso futuro bom. A emoção não pode vencer a razão. Quando eu perder o controle, me peça paciência e sabedoria para enfrentar os meus monstros. Quando eu ficar com receio de dar passos para frente, enfeite o caminho com flores ou algo colorido. Faça-me enxergar a vida de forma mais leve, eu já carrego muito peso nas costas. Converse comigo, me conte os seus problemas e anseios, conquistas e derrotas, quem sabe dessa forma, eu perceba que não estou sozinha nesse mundo. Me escute quando eu precisar falar, mesmo que seja em silêncio. Me sinto bem em ficar muda, de vez em quando, mas espero que não se importe. É apenas uma forma de autocontrole dos meus sentidos e ideias.

Quando, sequer, passar pela minha cabeça ficar sem você, jogue um balde de água fria para normalizar as minhas loucuras. Coloque-me em eixo. Se eu te escolhi, é porque devemos estar juntos, não separados. Me ensine, persista e continue me dando atenção. Você me acalma e me tem, de uma forma linda e única. Eu prometo tentar ser forte em minhas fraquezas.

O destino une e separa pessoas, a todo tempo, mas eu aprendi que nenhuma força é grande o suficiente para nos fazer esquecer pessoas que um dia nos fizeram felizes. Eu poderia seguir em frente, mesmo sabendo que no começo é sempre mais difícil, mas com o passar dos dias os sentimentos se dissolvem. Só é preciso que o tempo passe, para que o presente esteja no passado. Eu não quero te perder, nem ficar perdida sem você. Não quero transformar todos os nossos momentos em breves lembranças. Não quero deixar para depois. Eu quero que tudo fique bem hoje, com a urgência de ontem. Não coloque na sua cabeça que conseguimos seguir um sem o outro, que existem outros amores por aí. Somos melhores juntos, vai por mim…

Apesar das nossas discussões, diferenças e dificuldades, dos arranhões na pele e das palavras mal ditas, você é tudo o que eu sempre almejei para mim. Nós sabemos, desde o começo, que ninguém é perfeito, e nunca será. E, provavelmente, ainda discutiremos muito. São dois universos tentando se encaixar e compartilhar o mesmo espaço.

Eu não vou desistir. Se você ainda não desistiu de mim, e eu não desisti de você, isso é a prova de que estamos nos tornando apenas um coração.

Afinal, amor de verdade é quando amamos até os defeitos. Eu te amo, e se você me der mais uma chance, passarei o resto da minha vida provando que sou, inteiramente, sua. Por completo. Com as partes boas, ruins e também, com as feias.

E, se algum dia você pensar em desistir, lembre-se de todos os motivos que te fizeram aguentar firme até agora. Dobre os joelhos e faça uma oração.

Afinal, a próxima vez que você fizer isso, já estaremos no altar.

The post E, se algum dia você pensar em desistir, lembre-se de todos os motivos que te fizeram aguentar firme até agora. appeared first on .

Perdoar não é fácil, mas é possível!


Elaine Silveira
18 de mar de 2017 05:50

Todas as religiões abordam o perdão e, certamente, é um grande instrumento de aprendizado e o principal caminho para se chegar a paz.

Mas porque é tão difícil perdoar?

Muito provavelmente porque entendemos que para perdoar precisamos reconciliar, reconsiderar, relevar, reatar com a pessoa que nos prejudicou. A situação piora quando nos aconselham a enviar amor ao indivíduo sempre que pensar nele. Isso é demais pra quem se sente tão ferido e ameaçado.

Então, vamos por outro caminho para ter uma abordagem mais prática a respeito do perdão. Primeiramente, vamos esclarecer que o perdão não significa reconhecer o que aconteceu como certo ou merecido. Liberte-se dessa culpa. Perdoar também não significa fechar os olhos para condutas, atitudes ou comportamentos errados e também não implica em aceitar a falta de amabilidade ou a crueldade. Não é esquecer que algo doloroso aconteceu, não é desculpar nem envolve reconciliação.

Perdoar é, sobretudo, reconciliar-se com uma parte penosa do seu passado e não com quem te fez sofrer.

O perdão é para você mesmo e para ninguém mais. Você pode perdoar e reatar um relacionamento, ou perdoar e nunca mais voltar a falar com a pessoa que lhe causou sofrimento.

Significa que, embora ferido, você opta por se magoar e sofrer menos. Ainda que sintamos raiva ou qualquer outro sentimento quando determinadas coisas acontecem, estes deveriam ser sentimentos passageiros. O perdão é a compreensão de que o sofrimento pode fazer parte da nossa vida mas não precisa durar para sempre. Só porque alguém o fez sofrer não significa que tem que sofrer indefinidamente.

Outro problema é culpar o outro pelo seu sofrimento e esperar que ele reconheça o erro. Tentar impor algo que você não pode controlar é um exercício de frustração. Ao optar pelo perdão você não depende do reconhecimento e pedido de desculpas do outro para superar um trauma. Você retoma as rédeas e a direção da sua vida e de seu destino, renuncia ao sofrimento, assume a responsabilidade sobre como se sente e se torna parte da solução. Quanto ao autor da afronta, o que ele te causou é um problema que ele vai ter que lidar em algum momento. Deixa isso pra ele. O que importa aqui, é você.

Ao transformar o fato em uma história de superação, você deixa de ser a vítima e se torna o herói dos acontecimentos. E isso é motivo para orgulhar-se. Não vai mudar o passado, mas modifica como você se sente no momento atual.

Outro benefício do perdão é que você passa a dar mais amor e atenção às pessoas importantes da sua vida no presente.

A pessoa que mais sofre por causa da sua mágoa, perceba isso, não é quem te fez sofrer, mas a pessoa que se importa com você hoje. Observe o dano que sua mágoa, raiva e ressentimentos causam aos seus relacionamentos atuais pela sua necessidade de transferir a alguém a responsabilidade pelo seu sofrimento. Veja como seu passado influencia na sua conduta, nas suas escolhas e na forma como se relaciona.

O perdão é, acima de tudo, uma opção. Uma opção para encontrar a paz. Uma vez perdoado a capacidade ofensiva cessa. Escolher o perdão é renunciar ao sofrimento do passado para curar o presente. E é apenas no presente que podemos nos sentir melhor.

Você busca a paz? O perdão pode te dar.

Você busca a felicidade? Apenas a quietude de uma mente serena que perdoou consegue proporcionar.

The post Perdoar não é fácil, mas é possível! appeared first on .

Só por hoje!


Roberta Zanatta
18 de mar de 2017 05:50

Talvez você não esteja satisfeito com a sua realidade, talvez ainda não tenha encontrado a felicidade dentro de você, talvez precise mudar alguns comportamentos ou dizer alguns "nãos" para que se sinta mais leve e conectado com a sua essência, talvez também precise abrir mão de situações que estão te trazendo peso negativo ou queira se livrar de crenças que estão há tempos te limitando de ir além.

Talvez não tenha começado a transformar a sua vida porque julga não conseguir, por achar que é muita coisa para dar conta sozinho ou simplesmente porque não sabe como fazer. Então eu quero te dizer que está tudo bem. Você não precisa mudar tudo de um dia para o outro, é mais seguro mesmo dar um passo por vez. Neste momento, não pense no resto da sua vida, pense no que quer viver hoje, somente hoje.

Só por hoje, que hoje você se sinta inspirado a olhar as suas questões por novos ângulos. Que perceba que nunca existe apenas um ponto de vista, uma única verdade, uma única forma e isso é libertador.

Só por hoje, que hoje você perceba que não é obrigado a nada, que não "tem que" nada, que todos os dias ao acordar existem milhões de novas possibilidades de fazer diferente, de enxergar diferente, de ressignificar a sua dor.

Só por hoje, que você não compare a sua vida a de ninguém, que compreenda que cada um tem seu tempo baseado em escolhas feitas. Que você perceba que não existe uma regra universal de vida a seguir para ter que ter estabilidade profissionalmente, casar, ter filhos e conquistar a casa própria com X anos de idade.

Só por hoje, que hoje você perceba que sempre é tempo de quebrar padrões, de reavaliar a sua vida, de deixar para trás crenças que te bloqueiam, de mudar de comportamento, de fazer novas e boas escolhas, de começar de novo e quantas vezes forem necessárias.

Porém toda mudança requer coragem para sair do conhecido e buscar o novo. Se você não quer mais uma vida morna, uma vida mais ou menos, uma vida sem sentido, é o que tem que fazer, se libertar!

Se cair, levante e siga em frente porque com certeza não foi a primeira vez que isso aconteceu, nem será a última e ainda assim está tudo bem.

Faça tudo isso só por hoje, mas por favor, leia esse texto amanhã também, combinado?

 

The post Só por hoje! appeared first on .

3 dicas para otimizar e organizar seu tempo:


Luck - Pandora
18 de mar de 2017 06:50

Otimize seu tempo e alinhe sua vida!

O tempo é algo que criamos. Antes do Ser Humano querer ter o controle do dia e da noite, não existiam horas, dias ou semanas. Tudo era fruto de um eterno acontecimento, sem preocupação do tempo. A questão é que, nos dias atuais, muitas vezes não somos mais nós quem controlamos o tempo. Parece mais que o tempo é quem nos controla.

Mas temos que ficar atentos a isso! Controlar o tempo é fruto de nossa imaginação. Afinal, ele está sempre passando e não será nosso controle ou nossa vontade que fará ele parar ou ser maior. Entretanto, ele só continuará nos "consumindo" se deixarmos isso acontecer.

Quando nos adequamos ao nosso tempo natural, levando a vida no ritmo correto, tudo parece fluir melhor. Ficamos mais leves, menos preocupados, sem tensão. E tudo o que está ao nosso redor fica mais harmonioso. Mas afinal, como saber qual o meu tempo natural? Qual é o tempo natural da vida?

Talvez, cada pessoa no mundo tenha uma resposta, pois cada vida flui em um ritmo diferente. Porém, é possível nos atentarmos a características em nossa vida que façam com que alinhemos nosso tempo com o nosso ritmo natural, assim vivendo com mais plenitude hoje e sempre.


Para isso, abaixo estão 3 dicas para otimizar seu tempo e alinhar sua vida com seu ritmo natural.

1.Antes de querer fazer, seja!

Entenda que o Ser Humano tem 3 focos: o foco no ter, quando queremos ter algo ou quando temos vontades; o foco no fazer, quando queremos fazer algo ou quando fazemos nossas tarefas; e o foco no ser, quando somos aquilo que queremos ser ou simplesmente aceitamos o que somos. Estamos acostumados a fazer tarefas todos os dias de maneira automática, uma atrás da outra, muitas vezes sem nem mesmo pararmos para pensar o porquê estamos fazendo aquilo. Nessa onda de fazer e fazer, nossa vida cada vez mais tem o foco em fazer mais e mais coisas, até o momento em que estamos "sufocados de fazer atividades", pois nem sequer paramos para pensar se queríamos fazer tudo isso ou tínhamos outra opção. Isso, consequentemente, atrapalha seu tempo, e faz com que desejemos cada vez mais dias mais compridos. Mas isso resolveria? Ou dias mais compridos só nos fariam fazer mais e mais e desejarmos, de novo, dias mais compridos?

Portanto, pare tudo por um instante! Repense o porquê de você estar fazendo todas as atividades de sua vida hoje. Entenda qual o significado por trás disso e comece a filtrar, em uma lista, o que faz sentido continuar fazendo e o que não faz. Fazer a lista não significa que você vai poder parar de fazer agora. Entretanto, você já tem uma noção dos próximos passos que pode dar em sua vida para otimizar seu tempo e suas ações. Isso fará com que você troque o foco de fazer (ou ter) para o foco em ser. Quem você quer ser com todas essas ações? Quem você é hoje? O que você é está alinhado com tudo o que você faz? Continue respondendo essas perguntas e fazendo listas até que os afazeres se alinhem mais com você mesmo.


2.Diminua suas urgências

Após mensurar o que é importante para sua vida, você verá que existem também muitas coisas urgentes. Na maioria das vezes, são elas que nos fazem ficar perdidos em prioridades e deixar de fazer o que é importante para nós. A urgência cria uma pressão ilusória de importância que nos faz acreditar que ela é a coisa mais importante do mundo para você naquele momento. Mas e o resto? Vira só resto mesmo?

Portanto, liste também tudo o que você faz de urgente em seu dia a dia. Trace soluções simples para planejar seus dias, suas semanas ou sua vida, fazendo com que essas urgências diminuam sua carga de urgência. Ou seja, crie resoluções para cada uma delas serem solucionadas antes de se tornarem urgentes. Reparar nas urgências e não deixar que elas nos dominem faz com que tenhamos mais tempo para dar atenção a outros aspectos de nossas vidas, e não somente viver sempre resolvendo urgências e mais urgências, até que o que era antes somente importante, como sua saúde, sua disposição, sua felicidade, estejam prejudicados e se tornem também urgentes para serem resolvidos.


3.Diminua seus desfocos

O foco é uma ferramenta importante para otimizar nosso tempo. Mas, todos os dias, estamos fadados a desfocar de nossas atividades principais, seja por uma mensagem que recebemos no celular de um amigo, uma piada que alguém do lado está fazendo, um acontecimento que te chama a atenção ou nossa vontade de sempre estar olhando para coisas que parecem mais interessantes do que nossas tarefas. E essa é outra ilusão.

Liste também aquilo que te desfoca todos os dias, sejam coisas simples ou não, e crie maneiras de diminuir esses desfocos. Faça perguntas simples para si mesmo, para ajudar: eu realmente preciso olhar meu celular toda hora? Eu realmente preciso participar de todas as conversas paralelas e me deixar levar pelo barulho externo? Ou eu poderia colocar tempos determinados para olhar o celular ou para fazer outras tarefas e me focar mais no que estou fazendo naquele momento sem interrupções?

Sim. Melhorar seu tempo exige pequenos sacrifícios. Mas essas mudanças são em nome do bem do seu foco, da sua saúde e daquilo que é realmente importante para sua vida. Fazer esses "pequenos sacrifícios" lembrando que tudo é para seu bem deixará tudo mais leve.

Caso você ainda tenha dúvidas em como fazer essas listas, atividades ou ter mais produtividade, deixo abaixo um vídeo meu falando 3 Dicas para você ter mais Disciplina:

The post 3 dicas para otimizar e organizar seu tempo: appeared first on .

O encanto nosso de cada dia (Motivação)


Blog da Cátia Pipoca - Dicas sobre Concursos Públicos – Luciene
18 de mar de 2017 08:43

Bom dia!


O encanto nosso de cada dia



Aprisionar a beleza é uma forma de desintegrar a sua essência
Ainda bem que o tempo passa!
Já imaginou o desespero que tomaria conta de nós se tivéssemos que suportar uma segunda-feira eterna?
A beleza de cada dia só existe porque não é duradoura.
Tudo o que é belo não pode ser aprisionado, porque aprisionar a beleza é uma forma de desintegrar a sua essência.
Dizem que havia uma menina que se maravilhava todas as manhãs com a presença de um pássaro encantado.
Ele pousava em sua janela e a presenteava com um canto que não durava mais que cinco minutos.
A beleza era tão intensa que o canto a alimentava pelo resto do dia.
Certa vez, ela resolveu armar uma armadilha para o pássaro encantado.
Quando ele chegou, ela o capturou e o deixou preso na gaiola para que pudesse ouvir por mais tempo o seu canto.
O grande problema é que a gaiola o entristeceu; e triste, deixou de cantar.
Foi então que a menina descobriu que o canto do pássaro só existia porque ele era livre.
O encanto estava justamente no fato de não o possuir.
Livre, ele conseguia derramar na janela do quarto, a parcela de encanto que seria necessário para que ela pudesse suportar a vida.
O encanto alivia a existência...
Aprisionado, ela o possuía, mas não recebia dele o que considerava ser a sua maior riqueza: o canto!
Fico pensando que nem sempre sabemos recolher só encanto...
Por vezes, insistimos em capturar o encantador, e então o matamos de tristeza.
Amar talvez seja isso:
Ficar ao lado, mas sem possuir.
Viver também.
Precisamos descobrir, que há um encanto nosso de cada dia que só poderá ser descoberto, à medida em que nos empenharmos em não reter a vida.
Viver é exercício de desprendimento.
É aventura de deixar que o tempo leve o que é dele, e que fique só o necessário para continuarmos as novas descobertas.
Há uma beleza escondida nas passagens...
Vida antiga que se desdobra em novidades, coisas velhas que se revestem de frescor.
Basta que retiremos os obstáculos da passagem e deixemos a vida seguir.
Não há tristeza que mereça ser eterna; nem felicidade.
Talvez seja por isso que o verbo dividir nos ajude tanto no momento em que precisamos entender o sentimento da tristeza e da alegria.
Eles só são suportáveis à medida em que os dividimos...
E enquanto dividimos, eles passam, assim como tudo precisa passar.
Não se prenda ao acontecimento que agora parece ser definitivo.
O tempo está passando...
Uma redenção está sendo nutrida nessa hora...
Abra os olhos.
Há encantos escondidos por toda parte.
Preste atenção: são miúdos, mas constantes.
Olhe para a janela de sua vida e perceba o pássaro encantado na sua história.
Escute o que ele canta, mas não caia na tentação de querê-lo o tempo todo só para você.
Ele só é encantado porque você não o possui.
Nisto consiste a beleza desse instante.
O tempo está passando, mas o encanto que você pode recolher será o suficiente para esperar até amanhã, quando o pássaro encantado, quando você menos imaginar, voltar a pousar na sua janela.


Beijos, Luciene Lima. 

sexta-feira, 17 de março de 2017

A vida é como uma colcha de retalhos


A mente é maravilhosa – Carolina Diamond
17 de mar de 2017 05:34

A vida se parece muito com uma peça de mosaico. Se você já observou a técnica ou já viu alguma peça produzida, vai entender do que estou falando. Recebemos um monte de pecinhas recortadas, bem parecidas com um quebra-cabeça.

As pecinhas muitas vezes não se juntam; precisamos encaixar algumas, outras no entanto parecem que nasceram para se unir àquela parte que está solta ali, uma esperando a outra.

E a vida é assim ou não? Em todas as áreas, seja ela amorosa, profissional, espiritual, em qualquer parte da vida que você se dispõe a olhar e mexer, vai encontrar peças soltas que parecem não se encaixar, mas que você vira de um lado, mexe de outro e de repente, ela está perfeita, parece que sempre pertenceu a aquele lugar.

caminhos que trazem as pessoas a nossa vida

Muitas vezes encontramos parceiros amorosos que parecem fazer parte da nossa história, aquela pessoa que parece que nasceu para se dedicar a você e vice-versa, e de repente essa peça que parecia encaixada se solta, não se adaptou ao processo do mosaico, mas outras peças virão, sem molde, outras parecendo que vão servir até que quando você encaixa ao modelo ela não tem nada a ver com o contexto, e assim, peça por peça, seu modelo de mosaico vai sendo montado.

Interessante é pensar nesses elos que ligam as peças, fico imaginando como Deus vai costurando essa colcha de retalhos que liga uma história à outra e à outra e, de repente, aquilo que você não conseguia entender se torna uma grande peça linda, seja um mosaico, seja uma colcha de retalhos, vale a pena pensar nesses fatos isolados que acontecem e que você se pergunta: Por quê? Lá na frente, algo se une a isso e você terá a sua resposta.

Você já imaginou quantos "não aconteceram" na sua vida para que o que acontecesse chegasse até você? Quantos elos você quebrou ao não se permitir vivenciar determinada história? Já parou pra pensar que tudo que acontece com você tem uma razão única determinada pela sua própria vontade, que foi sonhada por você juntamente com Deus antes mesmo que você pudesse estar aqui no planeta Terra?

Muitas vezes a vida vai tomando forma sem a gente entender bem o que está acontecendo. Sinto que isso acontece assim, estou aqui, tentando montar uma parte do mosaico, então procuro pela peça que vai se encaixar perfeitamente, mas ela está bem escondida porque ainda não é a hora dessa peça fazer parte do meu processo. Então, eu coloco várias outras que não servem, ficam grandes ou pequenas demais, a cor não combina, o formato não é adequado, e então, de repente, bem ali debaixo do meu nariz está a peça que faltava para completar essa pequena parte. Ao mesmo tempo, sinto que algumas peças eu não chego nem a escolher, porque elas simplesmente nasceram ali, parece que brotaram.

a vida tem vários caminhos

A vida é assim, um tabuleiro de jogo, uma peça de mosaico ou uma colcha de retalhos. Ela vai tomando forma, o que a gente precisa fazer apenas é viver, sentir, se entregar para o momento, aceitar as mudanças, esperar pelo melhor, acreditar sempre que algo muito maior está se formando em prol da nossa existência.

Às vezes essa tarefa é um grande desafio. Nos momentos de tristeza, dissabores, luto, perda, não é fácil entender que aquilo deveria estar acontecendo assim, mas está tudo bem. Depois de um tempo as peças se encaixam e você entende que não haveria outra forma de viver, que essa história está sendo costurada pela mão de Deus e que Ele sabe o que é melhor, Ele tem a visão do todo e consegue ver o que daria à sua colcha um belo colorido ou não.

Confie na sua história, na versão maior do seu Eu, confie na sua escolha de estar aqui e na intuição que fala o tempo todo através do seu coração. Confiar é um ato de fé e coragem. Coloque-se à disposição da vida para que ela entregue o que só você pode viver.

Às vezes tudo vira uma bagunça, falta paciência, otimismo, criatividade e até a fé dá uma balançada, mas até isso faz parte de todo o processo, por isso é tão importante aquele mantra com 4 palavrinhas que transformam qualquer situação desafiadora, são elas: entregue, aceite, confie e agradeça! Lembre-se sempre, até a bagunça faz parte do processo, ela levará você ao próximo elo, e à peça que compõe muito bem o seu modelo de mosaico. Esteja sempre de coração aberto para enxergar o essencial!

The post A vida é como uma colcha de retalhos appeared first on A mente é maravilhosa.

O melhor remédio para um coração machucado chama-se recomeço…



Nossa salvação, em certos momentos, dependerá de renúncias, de desapego, de conseguir deixar para trás coisas e pessoas que queríamos junto. – O melhor remédio para um coração machucado chama-se recomeço…

Pois não deve haver quem nunca teve vontade de recomeçar do nada, do zero, dos escombros emocionais em que se encontra, olhando somente para a frente, lá na frente, sem hesitação. Quem não desejou sumir, cair em outro planeta, mudar de pele, de planos, de sonhos, de tudo. Quem não se arrependeu das escolhas, dos amores nutridos, do que se investiu, do que se construiu.

Chega um momento, cedo ou tarde, em que a colheita se torna tão inevitável quanto amarga. Porque não há quem sempre acerte, quem não se decepcione, não se apaixone por gente errada, quem não tenha se equivocado no emprego, em casa, na rua. Embora sempre haja tempo para mudar, para reparar erros, mudar comportamentos, mudar o rumo do que se veio fazendo, muitas vezes as mudanças de que precisamos nos pedem desistências de muito do que esteja em nós.

Nossa salvação, em certos momentos, dependerá de renúncias, de desapego, de conseguir deixar para trás coisas e pessoas que queríamos junto. Muitos de nós acabamos nos prendendo ilusoriamente a muita coisa que nada mais faz do que nos achatar, subtraindo e sugando nossa essência, enquanto confundimos carência com amor, subserviência com amizade, costumes com necessidades. Juntar coragem para nos defender de nós mesmos e de nossas amarras cegas será essencial ao nosso recomeçar.

Quando tudo doer dentro de nós, a ponto de nos retirar qualquer raio de esperança, qualquer faísca de luz, quando já tivermos tentado e tentado além de nossas forças, além do que nosso coração é capaz de suportar, é momento de recomeçar.

E recomeçar tanto em alguns setores específicos que nos desgastam, quanto recomeçar em tudo, por completo.

Nunca será fácil nos desprender das pedras a que nos apegamos, porém, as recompensas virão e compensarão toda escuridão que tenhamos atravessado nessa nova jornada.

Ninguém está livre de passar por atribulações e ventanias emocionais doloridas, por conta das sementes que equivocadamente semeou enquanto corria atrás de seus sonhos. Todos estamos sujeitos a colher dores amargas, tanto pelo que fizemos, quanto pelo que não fizemos, seja por qual motivo tenha sido. No entanto, todo dia é tempo de recomeçar, de reiniciar a semeadura, de aprender com a dor e se fortalecer, tornando-se mais confiante de si e do que quer ao lado, bem como do que não quer mais junto. Enquanto vida houver, o recomeço estará pronto para nos receber.

The post O melhor remédio para um coração machucado chama-se recomeço… appeared first on .

O que a maternidade me ensinou…


Simone Guerra
17 de mar de 2017 05:48

Com a maternidade eu aprendi que amor é tudo aquilo que doamos, sem esperar nada em troca.

Eu nunca tinha pensado ser mãe, então Deus me deu um filho não apenas para uma missão, mas sim para me fazer uma pessoa melhor e para aprender mais sobre o amor e a vida. Ser mãe não tem muita explicação, apenas é… É amor que se sente a cada segundo.

A maternidade me ensinou que amor incondicional é íntimo, pessoal e sem explicação, que sentimos com a alma, com o corpo, com os pensamentos, com as atitudes e com muitos toques de carinho. Aprendi a amar sem medir, mesmo quando me decepciono ou choro, mesmo quando não é do meu jeito ou gostaria que fosse, mesmo que seja preciso sofrer, mesmo que seja para enfrentar as tempestades ou mesmo se o cansaço me possui por completa.

Descobri que ficar grávida é lindo, é emoção única, mas a ansiedade que enfrentamos durante nove meses, só aguentamos porque estamos carregando outra alma dentro da gente. Os hormônios nos desequilibram, e ver o corpo mudando todos os dias não é nada agradável, mas vale à pena porque sentir a emoção de um "alguenzinho" mexendo dentro da gente, não tem explicação. Eu resumiria que o melhor de estar grávida é quando o bebê mexe dentro da gente e quando eles sugam nossos mamilos para se alimentarem, e é um prazer de felicidade que nenhuma ciência vai desvendar.

A maternidade me trouxe mais equilíbrio e mais serenidade. Aprendi que esperar em algumas situações, manter a calma, sorrir e deixar para lá, alivia o estresse e nos fazem melhores.

Claro, eu saio do eixo muitas vezes, porém bem menos do que antes. Aprendi a ser mais positiva e menos dramática, porque uma criança precisa de segurança e estabilidade emocional. Ser uma mãe chata precisa de ponderações também, porque tudo em excesso entorna e não resolve. Percebi que não adianta antecipar as preocupações e meter os pés pelas mãos, porque nem tudo se resolve num estalar de dedos. A espera é o momento de repensar e que nos afasta de decisões infelizes; a pressa apenas nos faz refém da preocupação, tira nosso sossego e não nos leva a lugar algum, pois um bebê precisa de sentir paz.

No silêncio de cada noite vigiando o sono dele, tão pequenino e indefeso, me ensinou que o amor é vigília e dedicação, é estar disposta mesmo cansada, e que era preciso ficar acordada, porque ele é mais importante do que minha própria vida. Cada mamada, cada fralda trocada, cada banho, cada remédio com hora marcada, me mostrou que cuidar é ser grato, é estar entregue a alguém de corpo e alma.

As primeiras palavras, os primeiros passos, os primeiros aniversários, o primeiro dia na escola, foram emoções únicas em que meus sentimentos vibravam de alegria e lágrimas. Aprendi com todos esses momentos que é preciso muito pouco para ser feliz e que lágrima é felicidade também.

A maternidade me libertou do egoísmo, me mostrou que os filhos são para nos completar ainda mais, e que o sentido da vida está em pequenos gestos que nos fazem sorrir verdadeiramente.

A maternidade me deu alguém para cuidar uma vida toda, porque eu precisava de mais estímulos e alegrias. A maternidade me ofereceu condições para tentar o meu melhor todos os dias, para que eu seja mais suave, mais ponderada, mais grata, mais humilde, menos intolerante e menos arrogante.

Antes eu era apenas mulher, agora sou mulher e mãe, daqui a pouco mãe e avó, não por opção, mas por ter a capacidade de ser mais do que eu buscava. Antes eu era uma pessoa, ainda continuo sendo apenas uma, mas cheia de vontade de existir todos os dias, porque meu filho precisa de mim com amor, risos e dedicação.

Com a maternidade eu aprendi a me libertar mais, e me tornei mais prática. Aprendi que amor é tudo aquilo que doamos sem esperar nada em troca, muito menos olhar para trás. Ser mulher e mãe, é amar incondicional um alguém sem nada em troca e que nos tiram suspiros da alma.

The post O que a maternidade me ensinou… appeared first on .

quinta-feira, 16 de março de 2017

O orgulho estraga muita coisa, inclusive o amor.


CONTI outra – Thamilly Rozendo
15 de mar de 2017 22:04

Imagem de capa: Iakov Filimonov/shutterstock

Quem nunca sentiu aquela sensação terrível de querer pedir perdão, mas sentir uma "força" maior dentro de si que o impediu de se desculpar?

Que atire a primeira pedra quem nunca ignorou quando, na verdade, queria oferecer atenção. Quem tem dificuldade de dar o braço a torcer em uma briga e de ser o primeiro a confessar que errou.

Acontece que o orgulho estraga muita coisa. O orgulho faz você perder quem ama, faz você perder oportunidades e também pessoas. O orgulho faz você se tornar alguém difícil de ser amado, alguém que, por mais que o outro insista, torna-se cada vez mais difícil de resolver conflitos, de dialogar e de fazer dar certo.

O orgulho estraga o amor, a amizade, o trabalho. Porque nada pior do que lidar com alguém orgulhoso, que não sabe reconhecer quando está errado, que não sabe pedir desculpas, que não sabe olhar nos olhos e dizer que sente nossa falta e que nos ama quando não merecemos ser amados.

É difícil porque, quando estamos mal, chateados, nem sempre temos a coragem de sempre correr atrás, de sempre tentar consertar as coisas, e tudo fica pior quando o outro não colabora – e então a gente cansa. Cansa mesmo de insistir, de pedir desculpas e o outro continuar fazendo joguinhos e oferecendo a nós a sua indiferença.

Tome cuidado, porque o orgulho pode fazer você perder muita coisa: o amor de quem o ama por inteiro, o abraço de quem o acolhe no final do dia, o beijo de quem beija com a alma, o sorriso de quem transforma o seu mundo. Cuidado, porque o orgulho torna você outra pessoa. Alguém dominado pela raiva e pelo impulso. Alguém que não sabe perdoar, não sabe resolver e que, nesses instantes de orgulho, parece não saber amar.

O orgulho pode fazer você evitar dizer coisas bonitas, de soar palavras agradáveis naquele dia cansado em que o outro precisa tanto de um gesto de carinho nosso. Esse orgulho bobo aí pode distanciar você de quem realmente se importa, de quem faria de tudo para dar certo.

E, embora você não tenha a escolha de não sentir isso, você tem a escolha de não permitir agir com orgulho. Você tem a escolha de ouvir quem quer falar, de perdoar quem pede perdão, de se desculpar quando errar, porque, acredite, isso é bonito. Você sempre terá a escolha de não estragar tudo.

The post O orgulho estraga muita coisa, inclusive o amor. appeared first on CONTI outra.

15 dicas essenciais da famosa conselheira Dorothy Nolte que te farão um(a) pai(mãe) melhor:



Ser mãe/pai em qualquer idade sempre tem seus desafios.

Algumas práticas de criação de crianças sobreviveram ao teste do tempo, incluindo um poema de Dorothy Law Nolte intitulado "As crianças aprendem o que elas vivem."

Nascida em 1924, Dorothy Law Nolte era escritora, educadora e conselheira. Seu poema, publicado pela primeira vez em 1954, foi colado em geladeiras, distribuído em cartazes e entregue para milhões de pais por um fabricante de fórmulas para bebês.

O poema instrutivo de Dorothy foi traduzido em 35 línguas. Sobre isso, Dorothy disse: "Eu simplesmente o escrevi e publiquei, ele aparentemente moveu-se pelo mundo por seu próprio ímpeto".

O poema é pungente e útil para maternidade/paternidade, ensino e qualquer outro papel envolvendo o bem-estar de crianças.

Aqui estão 15 dicas extraídas do poema de Dorothy:

1. Um ambiente desenfreado com críticas ensinará uma criança a condenar.

2. Hostilidade mostra a criança que ela deve lutar.

3. Uma criança que vive com medo aprenderá a ficar apreensiva.

4. Cercar seu filho com uma atmosfera de piedade só servirá para fazê-lo sentir pena de si mesmo.

5. Não ridicularize seu filho – ele irá promover a reclusão do mundo.

6. Seja consciente quanto a exibir inveja – isso mostra ao seu filho como ser invejoso.

7. Se seu filho vive com vergonha, vai aprender a se sentir culpado.

8. Se você incentivar seu filho, ele aprenderá a ter confiança.

9. Tolere o seu filho e deixe-os ver você tolerar os outros. Isso vai ensiná-lo paciência.

10. Elogie seu filho, para que ele possa aprender a ser apreciativo.

11. Aceite seu filho como ele é, e ele aprenderá a amar.

12. Demonstre aprovação, e seu filho aprenderá a gostar de si mesmo.

13. Reconheça realizações – as pequenas, também. Seu filho vai aprender que é bom ter metas.

14. A amizade mostrará ao seu filho que o mundo pode ser um lugar agradável para se viver.

15. Uma criança que vive com a partilha vai aprender a ser uma pessoa generosa.
____

Traduzido pela equipe de O Segredo – Fonte: David Wolfe

The post 15 dicas essenciais da famosa conselheira Dorothy Nolte que te farão um(a) pai(mãe) melhor: appeared first on .

Tudo que o universo traz para você tem um propósito!


Juliana Manzato
16 de mar de 2017 04:46

A mágica em acumular tantas experiências não é à toa. Aliás, nada é. Tudo que o universo traz para você tem propósito.

Leia ouvindo: Etta James – W-O-M-A-N 

Ontem eu comecei a minha contagem para os 30. Ontem foi o dia que eu me enchi de certezas, sei exatamente tudo aquilo que eu não quero na minha vida. O que eu quero muda o tempo todo, dá para adaptar, rever, adiantar, conquistar. E quando todo mundo fala sobre as dúvidas, eu trago minhas certezas. O que eu não quero, não quero de verdade.

A mágica em acumular tantas experiências não é à toa. Aliás, nada é. Tudo que o universo traz para você tem propósito.

Pode não ser exatamente tudo aquilo que pediu, mas é o necessário para o agora. É a partir dessas experiências e energia que você aprende sobre filtros. Aprende sobre pedir e receber. Aprende sobre pessoas e principalmente, aprende sobre você.

Os outros sempre vão te oferecer aquilo que eles tem, cabe a você achar se a doação feita é suficiente. Cabe a você entender se tal doação caberá na sua vida e nas suas escolhas. É um tom egoísta, concordo, mas ponderando dá para transformar em amor. O próprio sabe?

Saber tudo aquilo que a gente não quer abre portas para felicidade. Sua intuição se torna o seu melhor senso de direção. Você já não quebra mais a cara como antes, também aprende a não esperar das pessoas mais do que elas podem oferecer. Você aprende sobre troca, e o quanto ela pode ser saudável. O seu sistema de permutas é justo, cada um recebe de você exatamente aquilo que deu.

Você finalmente entendeu sobre ponderar e limitar suas vontades. Você vive todos os momentos com intensidade, mas não faz deles suas vontades. Você leva para sua vida aquilo que tem muito valor. Momentos na maioria das vezes são só momentos.

E tudo bem você não querer um bocado de coisas, é melhor assim.

Você pode não querer o que muito gente quer e vice versa, mas só você sabe do seu caminho, das suas vontades, das suas histórias e do seu repertório de vida.

Saber o que você não quer garante que outra mágica aconteça, você vai perceber que é um máximo não ser como todo mundo. Lembra que sua mãe dizia e você não concordava? Pois bem, ela tinha razão.

The post Tudo que o universo traz para você tem um propósito! appeared first on .

Por que atraímos o mesmo tipo de pessoas?


Juliana Monteiro
16 de mar de 2017 04:46

Por que atraímos o mesmo tipo de pessoas?

Quantas vezes você já escutou algum amigo dizendo: "Isso sempre acontece comigo!" ou sua mãe reclamando: "Eu sempre confio nas pessoas que passam a perna em mim!". Você sempre namora mulheres ou homens com filhos? Ou tem um ex que sempre volta para sua vida depois de algum tempo?

Essas situações são mais normais e corriqueiras do que imaginamos e de tempos em tempos afetam as vidas de diversas pessoas.

Mas por que atraímos o mesmo tipo de pessoas?


As lições devem ser sempre aprendidas

Uma dos motivos mais aparentes é que nunca aprendemos a lição. Por exemplo: se você precisa aprender a deixar de lado a atenção exclusiva, certamente seus parceiros virão com filhos. Se você precisa aprender a confiar mais em sua intuição, sempre terá pessoas que irão burlá-la.

Enquanto as lições não forem aprendidas, elas voltarão com maior intensidade para serem mais notadas e aceitas. Tenha sempre em mente que as lições devem ser sempre aprendidas para você passar para outra fase.


Se escondermos nossas sombras elas sempre aparecerão

Nossas sombras são a parte de nós que escondemos da sociedade, das pessoas amadas e muitas vezes de nós mesmos. São aqueles defeitos que queremos esquecer e rezamos para que nunca sejam descobertos. E por mais que não sejam manifestadas estão guardadas no nosso inconsciente. Você deve estar pensando: O que isso tem haver com atração de pessoas?

Bom, lembrando da magnífica frase de Carl Jung: "Tudo que nos irrita nos outros pode nos levar a uma melhor compreensão de nós mesmos". Esse sábio estudioso da mente humana sabia que atraímos apenas reflexos de nós mesmos.

Esses reflexos podem estar escondidos no inconsciente e serem expostos pelo véu do julgamento ou serem conhecidos e conscientemente usados para atrairmos certas pessoas.

Quando uma pessoa atrai apenas o que ela acha errado ou que NUNCA agiria dessa forma, vale fazer uma análise profunda. Pois se escondermos nossas sombras elas sempre aparecerão.


Frequência energética é importante

Se vibrarmos sentimentos densos como a raiva, a reclamação, o mau humor, certamente será difícil ter de volta amor, harmonia e prosperidade.

Já é dito por grandes sábios que a gratidão atrai novas bênçãos, que o perdão nos liberta e que o amor constrói.

São todos sentimentos de frequências altas e leves.

A frequência energética é importante porque o que emanamos que terá o retorno em direção oposta e com mesma força. As pessoas ditas erradas fazem parte desses sentimentos, ações e atrações. Se você reclama de tudo irá encontrar pessoas que reclamam e vibram baixíssimo. Se você é coberta de gratidão, certamente terá pessoas que lhe elevarão.

A vida apenas ecoa ao que emanamos e ao que necessitamos aprender. Responsabilize-se por sua realidade e mude. Nada é por acaso aos olhos do Criador e do Universo. Desmascare-se de seu ego, aprenda as lições, coloque o amor divino para trabalhar e agradeça. A tríplice do sucesso é o perdão, a gratidão e o amor, apenas com esses sentimentos você poderá recriar sua realidade tão sonhada.

The post Por que atraímos o mesmo tipo de pessoas? appeared first on .

Por que atraímos o mesmo tipo de pessoas?


Juliana Monteiro
16 de mar de 2017 04:46

Por que atraímos o mesmo tipo de pessoas?

Quantas vezes você já escutou algum amigo dizendo: "Isso sempre acontece comigo!" ou sua mãe reclamando: "Eu sempre confio nas pessoas que passam a perna em mim!". Você sempre namora mulheres ou homens com filhos? Ou tem um ex que sempre volta para sua vida depois de algum tempo?

Essas situações são mais normais e corriqueiras do que imaginamos e de tempos em tempos afetam as vidas de diversas pessoas.

Mas por que atraímos o mesmo tipo de pessoas?


As lições devem ser sempre aprendidas

Uma dos motivos mais aparentes é que nunca aprendemos a lição. Por exemplo: se você precisa aprender a deixar de lado a atenção exclusiva, certamente seus parceiros virão com filhos. Se você precisa aprender a confiar mais em sua intuição, sempre terá pessoas que irão burlá-la.

Enquanto as lições não forem aprendidas, elas voltarão com maior intensidade para serem mais notadas e aceitas. Tenha sempre em mente que as lições devem ser sempre aprendidas para você passar para outra fase.


Se escondermos nossas sombras elas sempre aparecerão

Nossas sombras são a parte de nós que escondemos da sociedade, das pessoas amadas e muitas vezes de nós mesmos. São aqueles defeitos que queremos esquecer e rezamos para que nunca sejam descobertos. E por mais que não sejam manifestadas estão guardadas no nosso inconsciente. Você deve estar pensando: O que isso tem haver com atração de pessoas?

Bom, lembrando da magnífica frase de Carl Jung: "Tudo que nos irrita nos outros pode nos levar a uma melhor compreensão de nós mesmos". Esse sábio estudioso da mente humana sabia que atraímos apenas reflexos de nós mesmos.

Esses reflexos podem estar escondidos no inconsciente e serem expostos pelo véu do julgamento ou serem conhecidos e conscientemente usados para atrairmos certas pessoas.

Quando uma pessoa atrai apenas o que ela acha errado ou que NUNCA agiria dessa forma, vale fazer uma análise profunda. Pois se escondermos nossas sombras elas sempre aparecerão.


Frequência energética é importante

Se vibrarmos sentimentos densos como a raiva, a reclamação, o mau humor, certamente será difícil ter de volta amor, harmonia e prosperidade.

Já é dito por grandes sábios que a gratidão atrai novas bênçãos, que o perdão nos liberta e que o amor constrói.

São todos sentimentos de frequências altas e leves.

A frequência energética é importante porque o que emanamos que terá o retorno em direção oposta e com mesma força. As pessoas ditas erradas fazem parte desses sentimentos, ações e atrações. Se você reclama de tudo irá encontrar pessoas que reclamam e vibram baixíssimo. Se você é coberta de gratidão, certamente terá pessoas que lhe elevarão.

A vida apenas ecoa ao que emanamos e ao que necessitamos aprender. Responsabilize-se por sua realidade e mude. Nada é por acaso aos olhos do Criador e do Universo. Desmascare-se de seu ego, aprenda as lições, coloque o amor divino para trabalhar e agradeça. A tríplice do sucesso é o perdão, a gratidão e o amor, apenas com esses sentimentos você poderá recriar sua realidade tão sonhada.

The post Por que atraímos o mesmo tipo de pessoas? appeared first on .

Diálogo de um casal:


Simoni Venturini
16 de mar de 2017 04:46

Diálogo de um casal:

Sabe aquele relacionamento que os parceiros se entendem, se respeitam, se apoiam, se amam, se ajudam, que um sabe que pode contar com o outro? Onde ambos crescem como ser humano? Conhece algum?

Leia o diálogo abaixo e tire as suas próprias conclusões:

– Amor, posso tirar uma folga no próximo sábado? – esposa.

– Claro! O dia todo? Vai meditar? – marido.

– Não, somente algumas horas, das 17h às 01h, quero ir ao encontro de xamanismo, você cuida do nosso filho? – esposa.

– Tudo bem, e com quem você vai? Como é isso? Não é perigoso? – marido.

– Vou com a Regina, lembra dela? – esposa.

– Ah, lembro sim, mas tome cuidado, não vá sozinha, você não conhece as pessoas, não sabe o que acontece lá… – marido.

– Já me informei com outras pessoas, fique tranquilo, vai dar tudo certo. Ok, combinado! Folgo no sábado – esposa.

E assim, o filho ficou com o pai, a esposa foi ao encontro, e lá teve sua experiência, aprendeu, cresceu, e voltou feliz e satisfeita para casa às 02 horas da manhä. Sem trauma, sem acusações, sem stress, sem briga, sem discussões, sem chantagem, sem mimimi…

Esse é um relacionamento entre duas pessoas maduras que se respeitam, que se apoiam, e que não necessariamente precisam gostar das mesmas coisas, nem fazer as mesmas coisas. Isso é um amor livre e verdadeiro. E o mais importante é que cada um compreende a necessidade do outro. Simples assim.

E isso é uma conquista, tudo começou desde o primeiro encontro, com um degrau por dia, um dia de cada vez, eles foram firmando esse compromisso, essa cumplicidade, essa camaradagem. Um exemplo de amor de alma.

Nesse tipo de relacionamento você é respeitado por suas escolhas, não existe "o meu jeito é melhor", não existe censura, existe troca, você continua sendo amado independente de suas escolhas.

O diálogo acima foi real, e para chegar nesse ponto, o primeiro passo é acreditar que um dia isso seria possível, que ter um parceiro com esse entendimento é real e palpável, e acima de tudo, o passo seguinte é partir para ação, ou seja, ter a coragem de buscar um relacionamento do seu jeito.

Com certeza existem divergências entre as personagens do diálogo acima, entretanto, nada que não possa ser administrado, pois o mais importante é cada um continuar tendo o seu espaço, e poder desempenhar o seu papel no mundo.

O meu objetivo aqui é mostrar que isso é possível, exatamente como foi descrito: um degrau por dia, um dia de cada vez… Do seu jeito!

Um beijo e até semana que vem!

The post Diálogo de um casal: appeared first on .

Como vai sua vida afetiva?


A mente é maravilhosa – Cibele Simões
16 de mar de 2017 05:31

A maioria das pessoas busca em sua vida relacionamentos que correspondam uma necessidade, mas se alguém lhe oferecesse metade de algum objeto, acredito que não seria muito interessante, não é mesmo? Por que, dentro dessa crença de que somos incompletos, exigimos que o outro corresponda as nossas faltas? Desejamos uma parte das pessoas, mas não dos objetos, Por quê?

Quando somos inteiros criamos condições para encontrarmos no outro não uma parte deste, mas pessoas inteiras para se relacionar de forma saudável. Isso não se limita apenas aos relacionamentos amorosos, mas a qualquer tipo de relação que você possa vir a ter.

como está sua vida afetiva?

A sensação de frustração na vida amorosa muitas vezes pode estar associada à maneira como você se relaciona com seu parceiro. Quando se questiona sobre o assunto, já é o começo para pensar em comportamentos que se repetem na sua relação, para mudar atitudes e ter resultados diferentes.

Se existe um padrão de fracasso nos seus relacionamentos, pode ser que isso esteja associado a algumas crenças limitantes. Desta forma, sua crença norteia seus comportamentos, pois vivemos para confirmá-la. Qual é a crença que mantém o padrão que se repete nos seus relacionamentos?

Distanciar-se da situação pode ajudar para fazer diferente. Porém, lembre-se de que o relacionamento é feito por duas pessoas com criações diferentes, mas que tentam compreender qual é a parte que lhes cabe nessa história. Em que você contribui para que a relação não esteja como gostaria?

Não fazemos parte da vida do outro para corresponder uma carência, uma expectativa por um ideal ou para dividir o outro e nos preencher com algo que nos falta. Você já parou para pensar que buscamos no outro algo que não existe?

vida afetiva do casal

Somos incompletos, lembra?

Quando somos inteiros não existe a necessidade de buscar no outro algo que supomos ser a solução da nossa incompletude. Assim podemos nos doar naturalmente sem esperar algo de volta, pois ao nos relacionarmos com o outro que não seja uma parte, o relacionamento flui sem precisar caber de forma forçada na vida do outro.

Com isso acontece a troca de dois inteiros, pois é na relação que se divide/compartilha o que cada um possui de experiência vivida.

A relação acaba por não dar certo quando buscamos no outro algo que nos complete, seja por carência ou expectativa de que o outro tem a obrigação de corresponder o que desejamos, pois o preenchimento nunca será externo (o outro me completa), sendo interno (eu me completo). Não no sentido de ser autossuficiente, mas de um investimento pessoal.

The post Como vai sua vida afetiva? appeared first on A mente é maravilhosa.

Oração do perdão: o perdão é como um bálsamo de amor…



Oração do perdão

Meu Deus,

O Teu perdão é quando a Tua mão desce sobre mim…

E me alivia do peso do pecado, da raiva,

Das faltas cometidas contra mim e meus irmãos.

Deus Pai, desce sobre mim.

Ajuda-me a libertar as mágoas que trago no coração.

Alivia o peso constante que trago sobre os ombros.

O Teu perdão é como um bálsamo de amor

Que me envolve e me transforma.

É a luz curadora de todas as almas em sofrimento

Que moram no Teu reino.

Alivia o peso deste fardo (dizer qual o problema a ser perdoado)

E liberta o meu coração cansado e traído.

Também eu falhei quando não confiei

Plenamente em Ti e nos Teus desígnios.

Hoje eu quero que me perdoes, meu Deus.

Hoje eu quero ser perdoado por quem magoei.

Hoje eu quero perdoar a quem me feriu.

Perdoa-me, meu Deus.

Perdoa-me, meu irmão.

Eu perdoo a ti por não me teres amado, meu irmão.

Eu perdoo todos os atos, ofensas, injúrias,

Julgamentos e acusações injustas

Que eu possa ter cometido ao próximo

E que este tenha lançado contra mim.

Eu compreendo a natureza imperfeita de todo o ser humano

E me regozijo com o poder do perdão, vindo da mão divina.

A cada dia que passa, eu escolho perdoar.

Em nome de Jesus, eu sou a graça, a paz e a alegria

E levo o Seu amor, compaixão e perdão

A todos os meus irmãos.

Porque cada novo dia é uma provação.

Cada novo dia é uma oportunidade para perdoarmos.

A cada novo dia somos livres para perdoarmos

No Amor de Cristo.

Cada novo dia é um dia para renascermos na Fé e no Perdão,

Cultivando a Paz e a Luz em nossos corações.

Que assim seja. Amém.

The post Oração do perdão: o perdão é como um bálsamo de amor… appeared first on .

Receita Para a Felicidade:


Wilson Pereira Figueredo
16 de mar de 2017 05:46

Onde podemos encontrar essa "tal de felicidade"?

Talvez essa seja uma pergunta que muitos buscam pela resposta. Durante nosso percurso neste plano material, muitas pessoas tentaram nos indicar o melhor caminho para chegar à felicidade.

Desde a mais tenra idade nossos pais, educadores e cuidadores tentaram nos orientar em alguma direção. Nossa cultura priorizou o caminho contrário. Quanto mais esforço e dedicação em sua busca, mais nos afastamos da sua origem. Fomos ensinados a buscar a felicidade nos valores materiais. Uma boa casa, um carro do ano, férias na Disney ou um cruzeiro internacional.

A felicidade não é algo que está distante, não possui residência fixa em algum ponto do planeta onde devemos chegar.

Uma boa formação acadêmica, um carro do ano, uma boa casa, um bom emprego que te proporcione qualidade de vida, não te fornece o título de pessoa feliz.

A educação tradicional nos ensina a acumular coisas. Nessa frenética luta em busca do sucesso você vai conseguir se destacar na multidão pela sua capacidade de acumular. O melhor carro, a melhor casa, a namorada mais bonita ou o namorado, a posição política de destaque ou a liderança dentro de uma comunidade.

O resultado dessa busca em ACUMULAR é o que vemos nos noticiários dos telejornais. Corrupção, crimes, lavagem de dinheiro e prisões. Andando nessa direção estamos caminhando contra aquilo que realmente buscamos. A felicidade é algo que está intrínseca na nossa essência. Não precisamos acumular nada para alcançá-la, basta manifestarmos nosso sentimento natural.

Os bens materiais são importantes para termos uma vida agradável, mas não devemos colocá-los em primeiro lugar na nossa vida. O grande mestre já dizia: "buscai em primeiro lugar o reino de Deus e a sua justiça e as outras coisas lhes serão acrescentadas".

O ser humano sofre quando inverte as ordens de suas prioridades. Isso nos ensina um dito popular "não coloque o burro na frente da carroça".

Para conquistar "essa tal de felicidade" devemos buscar as coisas que engrandeça a nossa alma e o restante virá por acréscimo.

Talvez você esteja pensando, "é muito fácil falar, quando não é você que está com um familiar doente". A nossa essência é divina e adoecemos quando estamos em desequilíbrio. O nosso corpo nos dá o sinal quando nossas escolhas não estão em ressonância com a nossa missão. Quando o nosso principal foco na vida é TER, estamos a passos largos em direção ao estresse, depressão, ansiedade e outros males da alma.

E como encontrar o caminho e desfrutar da felicidade?

Devemos colocar como prioridade em nossa vida a busca pelo Reino de Deus. Segue uma receita simples e verdadeira, aprovada pelos grandes mestres, se colocada em prática o resultado é 100% garantido.

INGREDIENTES:

1 – Pensamentos

2 – Palavras

3 – Ações


MODO DE PREPARO:

– Ocupe sua mente com bons pensamentos, fale somente palavras que engrandeça a alma e que suas ações diárias estejam embasadas no amor.


TEMPO DE PREPARO:

– Essa receita exige tempo de preparo permanente, você começará a sentir mudanças significativas após os primeiros 21 dias de práticas contínuas.


Conforme nos ensina Mahatma Gandhi:

Tenha sempre bons pensamentos… Porque os seus pensamentos se transformam em suas palavras.

Tenha boas palavras… Porque as suas palavras se transformam em suas ações.

Tenha boas ações… Porque as suas ações se transformam em seus hábitos.

Tenha bons hábitos… Porque os seus hábitos se transformam em seus valores.

Tenha bons valores… Porque os seus valores se transformam no seu próprio destino.

Procure colocar em prática essa receita no mínimo por 21 dias ininterruptos, assim você criará um novo hábito mudando seu campo vibracional e consequentemente o seu destino.

Não negligencie essa simples dica, pois ela poderá transformar a sua vida.

Um grande abraço e sucesso sempre.

The post Receita Para a Felicidade: appeared first on .

Relações limpas – As relações devem abusar da simplicidade…



As relações devem abusar da simplicidade, o que quero dizer com isso?

Você já deve ouvido falar de decoração minimalista, aquele onde "menos é mais", apostam no conceito de ambientes mais limpos, com menos móveis e objetos. Os decoradores que gostam desse estilo costumam dizer que o importante não é quantidade, mas fazer as escolhas certas.

Vamos aproveitar esse conceito pra falar de "Relações limpas", onde a ideia é um minimalismo relacional.

Existem relacionamentos que são verdadeiras alegorias carnavalescas, parecendo jogos sem fim, e que são tão complexos quanto uma partida de xadrez entre campeões mundiais, onde um fica analisando os movimentos do outro, tentando adivinhar qual é o próximo passo que o outro vai tomar, tentando prever o que o outro vai fazer como resposta ao seu próximo movimento.

Você já presenciou ou até passou por isso, aquela situação onde existem os jogos relacionais. "Se ele demorou pra responder, eu também tenho que demorar, pra mostrar que não me importo", ou "se ele falar A, eu vou responder B". E esses jogos relacionais são extremamente perigosos, porque eles quebram a primeira regra básica de qualquer relacionamento saudável, a sinceridade.

Quando usamos desses jogos dentro de um relacionamento deixamos de ser sinceros, isso impede e muito o desenvolvimento de outro fator básico para um relacionamento, a confiança. Como você vai confiar em alguém que precisa fazer "joguinhos" para se relacionar? E as pessoas criam essas estratégias por um motivo bem simples, autopreservação.

Então opte sempre pela simplicidade, valorize e nutra relações simples, onde vocês tenham liberdade e abertura para conversar…

Desculpa te contar, se você está se relacionando com alguém, você já está se arriscando, e determinadas formas de "proteção" irão te atrapalhar muito mais do que ajudar. Além de ser uma demonstração de extrema imaturidade emocional e de grande incapacidade para se relacionar de forma saudável com alguém, porque essas ações acabam por construir situações bem desgastantes, onde você emprega muita energia no ato de tentar prever o que o outro vai fazer, e planejar quais serão suas ações para que assim atinja determinado fim, e isso é muito cansativo.

Muitas vezes esses jogos são os grandes responsáveis por determinar o fim precoce de relacionamentos que tinham uma grande chance de dar certo.

Então opte sempre pela simplicidade, valorize e nutra relações simples, onde vocês tenham liberdade e abertura para conversar, para dizer o que acham que deve ser dito, para demonstrar o que acham que merece ser demonstrado, e que essa capacidade de comunicação sincera seja recíproca, sem medo de artimanhas sentimentais.

Não sustentem relações que parecem grandes alegorias complexas e cheias de significados escondidos, onde o que impera é um constante e desgastante exercício de adivinhação e manipulação.

Pensem nos relacionamentos como a decoração de uma casa, um local entulhado de móveis e objetos, pode dar a impressão de abundância e parecer bonito, mas você vai viver se batendo, derrubando e quebrando coisas. Já uma casa com menos móveis e menos complexa, pode parecer mais simples, mas será muito mais funcional, e agradável de viver.

The post Relações limpas – As relações devem abusar da simplicidade… appeared first on .

3 coisas que você precisa saber sobre a voz da intuição:



Coisas que você precisa saber sobre a voz da intuição:

1. Todo mundo tem intuição

Eu sei que todos nós podemos acreditar nisso até certo ponto, certo? Todos nós podemos lembrar de quando o telefone tocava e nós apenas "sabíamos" quem estava do outro lado da linha. Ou talvez dos momentos em que sentíamos que ia chover e pegávamos o guarda-chuva mesmo o céu estando azul.

Estas são apenas algumas das maneiras através das quais você pode reconhecer que a intuição tem estado em sua vida desde o início.

Isso significa que você nasceu com intuição, então abandone a dúvida e siga adiante.


2.Então, como é a intuição?

Nós temos tantos pensamentos e emoções e dizemos coisas a nós mesmos toda a hora …

Então, como discernimos o que é orientação e o que é confusão?

Uma prática que realmente me ajudou foi imaginar como meu Eu Superior iria agir se eu estivesse cara a cara com ele. Você pode trocar o termo por Deus, Universo, Fonte – qualquer palavra que pareça confortável.

Para mim, esta energia é sempre calma, pacífica, nutritiva, solidária, amorosa, gentil, benevolente. É tudo isso e muito mais.

Eu imaginei essa energia muitas vezes … E sempre me sinto como se estivesse olhando para o sol, bem de perto, sentindo ondas vibrantes de amor passarem através de mim.

Esta energia é tão poderosa que você vai sentir todos os poros de seu corpo dançando para receber a graça de sua intenção.

Qualquer orientação de cima faz você se sentir assim.

A energia do seu Eu Superior não pode ser dramática, errática ou extrema.

Em outras palavras, se você sentir quaisquer emoções elevadas de pânico, medo, excitação ou ansiedade – não é a sua intuição, é a sua reação humana e do ego.

Quando a orientação chega, é suave, mas estável, neutra, mas amorosa, suave, mas firme.

Você pode reconhecer essa voz interior através de sua reação:

  • Se você ativamente ignorar essa voz, você vai sentir um peso.
  • Se você ouvir e agir com o conhecimento que esta voz te concede, sentirá uma sensação de realização e paz.

3.Como eu sei o que ela diz?

O universo é complicado da perspectiva científica, mas não é complicado no que precisa dizer.

Porque por mais que pensemos que a vida é complicada, da perspectiva maior não é.

A orientação virá como um empurrão em uma determinada direção. Às vezes, simplesmente virá como um "não" despretensioso.

Sua intuição vai oferecer conselhos em um tom benigno e suave, sempre. Se você estiver em perigo, sua voz interior irá alertá-lo para "olhar para a esquerda", "se mover" ou "correr". E quando você precisar responder a uma pergunta sobre uma mudança de carreira, sua voz interior pode responder "espere", " sim "ou" escolha o que você ama ".

Mesmo quando sua intuição não diz nada, está te enviando uma mensagem.

Esse silêncio gentil irá responder a sua pergunta – se você ouvir. Às vezes, o silêncio indica que a pergunta que você procura não é relevante para sua vida no momento.


Pensamentos finais

Em suma, o seu foco deve estar em como sua intuição apresenta sua comunicação com você.

Qual é a melhor maneira de responder a esta pergunta? Descubra como você se relaciona com o mundo.

Quando você chegou à pré-escola, provavelmente descobriu que tipo de aluno é, embora talvez não tenha tido vocabulário para explicá-lo naquela época.

Assim como nossas capacidades de aprendizagem, já sabemos quais estilos intuitivos são nosso forte. Nós nunca tivemos orientação, então talvez não tenhamos conseguido alcançá-la.

Mas reconhecer sua intuição é simples.

Quando você recorda todas as vezes em que sua voz interior "falou", e quando pensa nas palavras que usa para descrever eventos especiais, esse é o seu estilo de intuição.

Você apenas "sabe", "sente", "ouve" ou "vê" a resposta, solução ou decisão melhor para você?

Nosso mundo é muito dinâmico. Temos que procurar uma forma de agir melhor nele.

Mas a partir daí, só precisamos de treinamento muscular e um pouco intuição.

____

Traduzido pela equipe de O Segredo – Fonte: Mind Valley Academy

The post 3 coisas que você precisa saber sobre a voz da intuição: appeared first on .

6 coisas que você deve fazer quando se sente emocionalmente drenado (ao invés de ficar deitado no sofá):



Coisas que você deve fazer quando se sente emocionalmente drenado:

Em um ponto ou outro, todos cansamos. Não é errado pensar que ficar no sofá por alguns dias pode te recarregar. Você pode não saber, mas a fadiga física pode ter mais a ver com a exaustão mental do que com os exercícios que você fez no dia. Não interprete mal, é importante de vez em quando ter um dia, talvez até dois, para descansar. No entanto, nem sempre é a abordagem mais eficaz quando você está se sentindo mentalmente drenado. Na verdade, ficar no sofá pode te deixar ainda mais drenado.

Abaixo estão algumas maneiras eficazes de recarregar sua mente quando começar a se sentir exausto:

1.Mudar a sua rotina

Realmente pode ser difícil não cair em uma rotina. Todos os dias você faz a mesma coisa repetidamente, mas quebrar essa rotina pode ser uma maneira realmente boa de retroceder essa exaustão mental. Desafie-se a fazer algo totalmente novo, uma vez por semana. Se você estiver se sentindo realmente entusiasmado, tente fazer algo novo uma vez por dia. Pode ser algo realmente simples. Em vez de fazer o caminho habitual para o trabalho, pegue uma rua diferente. Pense em atividades que você gosta que realmente alimentem a sua alma e comece a praticá-las. Quando sua mente está aberta a novas maneiras de pensar e perceber, você tende a ser muito mais feliz.


2.Manter um diário

Manter um diário é uma ótima maneira de aliviar o estresse e colocar tudo no papel. Pode ser realmente útil, porque lhe dá a oportunidade de olhar para trás e refletir sobre o progresso que você fez em sua vida. Manter um diário também aguça a sua criatividade, constrói a confiança, aumenta a compreensão e te incentiva a seguir com os objetivos. Não deve ser algo que te faça colocar pressão sobre si mesmo. Anote o que vier à mente, e você sentirá uma liberação quando terminar. Tenha a prioridade de escrever em seu diário algumas vezes por semana. Eventualmente, você perceberá que a escrita recarregar seu cérebro.


3.Meditar

Aproximadamente 80 por cento das visitas ao médico são para questões relacionadas ao estresse. Muito dinheiro e tempo podem ser poupados se você aprender a praticar o autocuidado através da meditação. Ela pode reduzir o estresse, aumentar a imunidade, melhorar o sono, e muito possivelmente aumentar a felicidade. Cinco minutos por dia é realmente tudo o que você precisa. Ao longo do tempo, você pode encontrar-se meditando mais de uma vez por dia por períodos mais longos de tempo e perceber que isso é ainda mais benéfico para o seu bem-estar mental. As pessoas que constantemente meditam são geralmente mais racionais e sentem menos ansiedade quando confrontadas com desafios.


4.Reavaliar seus relacionamentos

Ter relacionamentos é muito importante, mas é ainda mais importante realmente ser consciente de quão saudáveis eles são. Você pode achar que tem alguns relacionamentos tóxicos em sua vida. Pode parecer difícil terminar esses relacionamentos, porque muitas vezes você se torna confortável com eles. Infelizmente, relacionamentos disfuncionais podem tornar-se uma parte "normal" da vida, e você pode não perceber quão mentalmente exaustivos eles podem ser.

Tome tempo para estar consciente de todos os seus relacionamentos. É crucial reavaliar de vez em quando e decidir se eles estão agregando valor à sua vida e bem-estar. Nos relacionamentos românticos tóxicos, você pode se tornar extremamente mentalmente drenado, quando está colocando energia em algo que não está certo. Pessoas que são conscientes de seus relacionamentos normalmente tendem a ser mais confiantes em seu próprio julgamento.


5.Exercitar-se

Exercício não é apenas benéfico para o seu bem-estar geral, também é útil para quando você está se sentindo mentalmente drenado. Você não precisa fazer horas de exercício todos os dias, apenas 20 minutos podem fazer toda a diferença. Vários estudos têm demonstrado o valor do exercício em aumentar sua concentração e foco mental. Com um treino intenso diário de 20 minutos, o fluxo sanguíneo para o cérebro aumenta e você melhora seu humor, criatividade e memória.


6.Abandone seu ego, seja consciente de sua alma

FAÇA O QUE TE FAZ FELIZ.

Isso pode ser confundido com fazer algo que lhe traz um senso de realização. Esse sentimento de realização nem sempre lhe trará alegria. Passar algumas horas extras no trabalho fazendo as coisas pode ser produtivo, mas o exagero pode te prejudicar. Permita-se comprar os sapatos que você está querendo, ou fazer uma viagem de fim de semana com amigos ou parceiro. No grande esquema das coisas, nosso tempo na Terra é realmente curto. Não importa o que você escolher fazer, faça-o porque realmente traz alegria genuína à sua alma.

____

Traduzido pela equipe de O Segredo – Fonte: Life Hack

Referências do texto:  Eastern Michigan University: Stress and Anxiety Reduction Due to Writing Diaries, Journals, E-mail, and Weblogs

Psychology Today: This Is Your Brain on Meditation – British Journal of Sports Medicine: Physical exercise and executive functions in preadolescent children, adolescents and young adults: a meta-analysis

The post 6 coisas que você deve fazer quando se sente emocionalmente drenado (ao invés de ficar deitado no sofá): appeared first on .